Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

Orixás - Sopro Divino na Natureza / Por Ednay Melo

Orixás – Sopro Divino na Natureza
A natureza, criada por Deus, representa a supremacia do todo sobre as partes. Todo ser vivo sobrevive nela e com ela, e por ser parte viva da natureza o ser humano interage movido por sua energia cósmica e dinâmica, a energia do Criador, que vibra em todo o planeta originando-se em reinos específicos da natureza.

Como reinos da natureza, podemos citar os rios e cachoeiras, mares, formações rochosas, matas e camadas internas e externas do globo. À energia que vibra em cada um desses reinos dá-se o nome de Orixá, porém Orixá não é só isso, seu conceito vai muito além do que os nossos poucos sentidos podem alcançar. Existem Orixás que não têm reino específico, mas dominam determinados fenômenos e são marcados por determinados simbolismos, como Iansã que domina os ventos e as tempestades, e Ogum que domina os caminhos e percursos existentes sobre a terra, que representam o dinamismo natural da vida (...)

Trecho retirado do Livro Umbanda Luz e Caridade - C…

Preto Velho Diz se é Certo - Pai Tomé / Ednay Melo

Imagem
Com a permissão de Nosso Sinhô, véio pede licença para transformar em letras para muitos fios de fé, o que véio vem escutando dia e noite nos ouvidos, como um rosário: "véio, me diga - estou no emprego certo, com a pessoa certa, na religião certa, no terreiro certo, no caminho certo..." Véio sempre responde e vai escrivinhar também:

Depende do que vosmicê entende por certo. Mas diante da Lei Maior, cada qual está no lugar exato onde deve estar. Precisa-se enxergar além do que é lógico na matéria, acima de vosmicê, acima dos homens e abaixo de Deus Nosso Sinhô. Não pode pensar nos caprichos que dão o verniz na vaidade, porque tudo perece. Cada qual está no lugar pelo tempo necessário ao seu aprendizado, seja experiências felizes ou não. Cada qual está num lugar para cumprir missão, ou para o resgate kármico, ou para aprender, ou para ensinar, ou para cair de novo em erro, até aprender a acertar. Os fios devem desacostumar a esperar as respostas de fora, porque elas já estão …

Recado de Exu Marabô - Psicografado por Ednay Melo

Imagem
Se me perguntam quem sou Eu digo que sou doutor Sou Exu, sou Marabô Da falange de Nosso Senhor. Se o Sr quer regalias, Soprando as cinzas do trabalho E esperando que eu lhe ajude, Vá com cuidado seu moço Não carrego ninguém nos braços. Falar que faz é fácil Quero ver encaminhar Cada letra para o seu lugar. Não brinque não, seu moço Porque estou de sentinela De pulso firme na porteira Peneirando o bem do mal. Seja honesto com vós próprios E dê uma chance para o vosso saber Tudo o que ganhas é por merecer. Mas ande depressa, seu moço Porque nesta oportunidade de reajustes Não se tem tempo a perder.
Laroiê Exu!
Psicografia de Exu Marabô Médium: Ednay Melo (TULCA)




Só o Amor Liberta - Psicografado por Ednay Melo

Imagem
Falarei baixo para não discernir o momento, Nem deixarei o verso fugir aos teus olhos a esmo. Dentro de mim uma velha canção suprime a voz muda Que precisa cantar para uma carência moribunda E sonhar às alturas com fulgor patético. Porque minha vida é a haste de uma rosa distante, A bruma que prevalece no horizonte De rosa à alma e de alma à espuma. Vagando a noite de um luar insepultável Uma velha canção suprime a voz muda Onde espelha-se o sublime amor. Falarei dos teus olhos que clareiam as cores E dos olhos invisíveis, suaves como a pluma, Que enxergam o grão de uma terra infecunda Como se dormissem em braçadas de flores. Falarei da tua voz que é a minha voz Na diretriz da verdadeira vida, Onde a saudade busca um novo dia Na veemência de encontrar a partida. Cante com um sorriso, como se a poesia fosse a única no mundo, Brilhe para a vida a luz do horizonte esquecido Faça da flor murcha um mar de pétalas se abrindo E navegue nesse mar o sonho do amor mais lindo. Porque o grande íntimo do mar é a tua voz…

Andanças de um Preto Velho - Pai Tomé / Ednay Melo

Imagem
Certa vez em uma das andanças desse nego véio pelos terreiros que trabalham com a Bandeira de Pai Oxalá, fiquei a observar os movimentos dos filhos de fé antes do início dos trabalhos. Uns se lembravam de problemas não resolvidos com os familiares, outros não esqueciam aquele desaforo ouvido quando caminhavam para o terreiro e por pouco não revidaram a ofensa, outros ainda arquitetavam na mente como se defender de provável comentário malicioso que talvez aquele irmão de fé tenha para com ele. Ainda outros fazem suas obrigações não por amor, mas para mostrar (véio não sabe a quem) que é o melhor, o mais dedicado e o que merece boas recompensas. Outros sorriem forçosamente enquanto o coração destila fel. Em uma pequena roda de irmãos, véio ficou de boca aberta com os comentários: falava-se de todos, menos dos que estavam na roda, é claro. E em outra roda, véio ficou mais perplexo ainda: não se falava diretamente dos irmãos, mas apimentava-se o verbo: "-é alguém daqui... mas, quem??…

Oráculo Cigano - Por Ednay Melo - Com a Orientação da Cigana Esmeralda

Imagem
Oráculo Cigano - Com a Orientação da Cigana Esmeralda
A origem do oráculo cigano é motivo de controvérsias entre os pesquisadores. A cartomancia e o tarot foram trazidos pelos ciganos, provavelmente, oriundos da China antiga.

É arte divinatória milenar entre os ciganos, cujos preceitos foram passados oralmente de geração a geração. Desde criança a cigana é preparada para fazer a leitura da sorte, atividade específica das mulheres, pois, segundo os ciganos, elas teriam a intuição mais aguçada devido ao dom da maternidade. Os homens ciganos não jogam, mas respeitam o aviso das cartas e não tomam decisões na vida sem antes consultá-las (...)

Trecho retirado do Livro Umbanda Luz e Caridade - Cap. 4 - Ednay Melo
Texto atualizado em 13/06/17





Recepção nos Centros de Umbanda - Por Ednay Melo

Imagem
Acolher o ser humano em seu sofrimento deveria ser prática obrigatória nos terreiros que se dizem trabalhar pela caridade. Infelizmente, esta palavra serve apenas como cartão de visita em muitos terreiros. Na prática, o consulente depara-se com rituais que prometem aliviar o seu sofrimento, contando-se apenas mais um da longa fila que aguarda atendimento. Conheci um terreiro cujo dirigente não se aproximava das pessoas da assistência fora do momento da gira, e aconselhava os seus médiuns a fazerem o mesmo, alegando que o envolvimento com o baixo nível energético proveniente deles prejudicaria o desenvolvimento da sessão. Fico imaginando estas pessoas, que se consideram acima do bem e do mal, quando buscam acolhimento para os seus próprios sofrimentos, sim, porque desde que se está usando um corpo físico, alguma dor em algum momento devem sentir e aí, será que também encontraram pessoas frias e distantes em seu triste caminhar?
Procuro apenas uma resposta mais coerente do que a pergun…

Sobre Umbanda - Por Ednay Melo

Imagem
Umbanda é uma religião tipicamente brasileira, constituída a partir de uma diversidade de crenças universais como o Africanismo, o Catolicismo e o Espiritismo. É uma religião eclética, que se molda de acordo com a egrégora que a pratica, daí a sua diversidade em Umbanda esotérica, branca, universalista, traçada, omolokô, etc. Esta diversidade tem como aspecto positivo o respeito à liberdade de consciência, imprescindível ao crescimento do ser humano como ser holístico, como ser bio, psíquico e social. E tem como aspecto negativo a confusão de opiniões, refletindo na sociedade uma visão deturpada da Umbanda, muitas vezes uma visão enraizada em conceitos já ultrapassados, que ferem o principal objetivo da religião, que é a oportunidade de crescimento espiritual através de estudo e prática do princípio de amor, fraternidade e caridade.


Na minha trajetória como aprendiz da Umbanda, do Candomblé e do Espiritismo, me deparei com conceitos e preconceitos que se chocam fortemente com a prática…