Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Pretos Velhos na Umbanda

Imagem
Para falar dos Pretinhos Velhos é preciso resgatar uma lamentável época da história da nossa colonização: a escravidão dos negros africanos. As grandes Metrópoles (Portugal, Espanha, Inglaterra, França, etc.) sub-julgavam suas colônias, fazendo dos negros mercadorias, objetos sem direitos ou alma.

No Brasil os escravos negros chegavam por Recife e Salvador, nos séculos XVI e XVII, e no Rio de Janeiro, no século XVIII. Os primeiros grupos que vieram para essas regiões foram os bantos; cabindos; sudaneses; iorubás; geges; hauçá; minas e malês. A valorização do tráfico negreiro, fonte da riqueza colonial, custou-nos quatro séculos, do XV ao XIX, de exploração escancarada (entre escravizados e mortos 65 a 75 milhões de pessoas). Um contingente que constituiu uma parte considerável da população local.
Desse contexto, é importante perceber como seus cultos eram a forma dos escravos resistiam, simbolicamente, à dominação. A “macumba” era, (e ainda é!) um ritual de liberdade, protesto, reação …

Mudança Que Vem de Dentro

Imagem
Você brigou com o vizinho ou com algum parente, tem conta atrasada pra pagar, o chefe está exigindo demais, seus relacionamentos não dão certo...
Isso já aconteceu ou pode acontecer um dia. Tudo aparenta estar calmo e de repente, uma sucessão de erros e problemas aparece e praticamente lhe derruba.
Lá dentro, no fundo de sua alma, parece que há um nó se formando, às vezes de mágoa, às vezes de raiva.
Você precisa dar um jeito de sair dessa situação o mais rápido possível e chegar à superfície para respirar!
Daí você lembra que há um terreiro de Umbanda que pode lhe ajudar.
Com muita esperança você vai até o terreiro pedir ajuda e tomar um passe de um preto-velho.
Logo na entrada da casa de fé há alguns vasos com plantas que estão ali estrategicamente postados para começar a canalização de energias. Em seguida, a tronqueira, ou casinha de Exu, pronta para receber as cargas mais fortes que são direcionadas ao terreiro ou aos filhos de fé. Uma ou duas imagens de santo na porta estão ema…

Como Fazer as Pazes com os Adversários Desencarnados

Imagem
Você detecta alguém, no seu caminho, que não veste mais o corpo físico, e que procura lhe prejudicar. O que fazer? Qual a melhor conduta? Fiz algumas anotações sobre o assunto na esperança de que lhe sejam úteis.
1 - Você aprende, com os ensinamentos de O Evangelho Segundo o Espiritismo, que a dívida caminha com o devedor. Não há presença incômoda sem motivo justo, nem aproximação destituída de finalidade. O adversário foi atraído pela lei de ação e reação, sendo assim, a presença dele se justifica pela necessidade de reajuste.
2 - O ensinamento de Jesus fala em reconciliação, perdão das ofensas, mas você não conseguiu entender-se com ele, enquanto estava no mundo à mesma época. A situação complicou-se, portanto, devido à sua incúria.
3 - O que fazer, então, diante da atitude hostil? Como aplicar o ensinamento do Cristo nos dias de hoje, com a situação agravada? Da noite para o dia, não se consegue lidar satisfatoriamente com os erros cometidos, mas o que vem em primeiro lugar é a ne…

Interações com os Guias

Imagem
O trabalhador de um grupo mediúnico tem, em geral, oportunidades mais frequentes de dialogar com guias espirituais do que a maioria das pessoas. Esse fato, em si, traz a esses trabalhadores uma responsabilidade muito grande, pois o uso adequado daquilo que recebemos de graça nos será cobrado pela nossa consciência quando alcançarmos uma maior evolução intelectual e moral. É imprescindível, assim, que sempre nos questionemos a respeito de como melhor utilizar essa oportunidade tão bela.  Allan Kardec discute em detalhes, no capítulo XXVI de "O Livro dos Médiuns", a respeito dos tipos de perguntas que devemos levar aos espíritos superiores, os quais têm sempre prazer em respondê-las quando elas nos levam ao bem e ao progresso. 
Será que devemos usar o contato frequente que temos com as entidades para satisfazer curiosidades ou atender necessidades imediatistas referentes à nossa vida pessoal? 
Será que devemos "procurar problemas" para trazer à análise de nossos irm…

Salve o Dia 20 de Janeiro - Saravá Oxossi

Imagem
Oração a Oxossi
Escrito por Maria de Fátima 


Divino Pai do Reino Vegetal,
Onde a Vida se renova sem sangrar,
Quero beber da seiva pura das Tuas matas,
Para me curar e renascer.
E nos Segredos encantados onde habitas,
Peço licença para entrar e aprender.


Busco a cura da alma e do corpo
E sei que no Teu Reino vou encontrar.
Vou me cobrir de folhas
E me banhar dos seus segredos,
Limpando a mente das ilusões e medos;
Mirar o Alto da Tua Sagrada Flecha,
Que às Luzes do Criador vai me guiar.


Quero abraçar os animais e as plantas
A quem dedicas tanto Amor,
Assim nos ensinando que toda vida é Santa,
Embora feita de elos desiguais,
Mas que se juntam sob o Teu comando
Para varrer do mundo a ignorância e a dor.


Divino Pai,
Que nos ensinas a todo o instante
E a vida inteira,
Tu és o nosso Educador e Mestre,
A nos mostrar o valor de cada espécie
Do fabuloso Mundo em que campeias,
Extraindo sucos e remédios,
Domando feras e elevando os homens
Para honra e glória de OLORUM,
A nos mostrar
Que diante DELE e NELE, nós somos Um!...


Ok…

Religião e Vida Psíquica - Por Ednay Melo

Imagem
A religião não pode servir como "muletas" para as pessoas  emocionalmente imaturas, correndo-se o risco da insatisfação  permanente e do entendimento distorcido do seu real valor. Ednay Melo

A palavra religião vem do latim e significa "religare", podendo ser interpretada como religação do homem a Deus. A religião tem como objetivo responder as perguntas que a ciência não responde, como de onde viemos, o que estamos fazendo aqui e para onde vamos depois da morte, isto é, ocupa-se com o ser humano espiritual.

Psicologicamente, Jung admite a existência de um Deus interno, imaterial.

No aspecto filosófico, Osho, filósofo indiano e adepto da meditação zen, defende que há espiritualidade apenas cultivando os valores morais, sem necessariamente precisar existir a religião. Seria a consciência livre: se crer no que se deseja crer e não no que as crenças determinam.

O pai da psicanálise, Sigmund Freud, como ateu convicto, sempre colocou a religião no aspecto negativo, como sen…

As Dez Coisas que os Seres das Sombras Mais Gostam que Você Faça

Imagem
1. - Que você minta, que não viva a verdade em cada ato, que não faça da vida aquilo que gosta, que procure preponderar os interesses materiais em relação aos conscienciais e que jamais cumpra com a sua palavra.
2. - Que você tenha muita dúvida, que sinta-se inseguro o tempo todo e que não tenha fé na vida, nas pessoas e nas possibilidades que o universo nos oferece.
3. - Que você não estabeleça uma conexão com a Fonte Divina ou Deus. Que você acredite que só se vive uma vida. Em especial que você se concentre em aproveitar a vida no sentido de apenas se divertir o tempo todo, principalmente, que você não dê atenção à evolução do amor e da consciência. Quanto menos você pensar e agir no sentido de realizar a missão da sua alma, que é o propósito da sua existência, mais você agrada os seres das sombras e mais você facilita o trabalho deles.
4. - Que você não se preocupe jamais com os outros. Que não pense em caridade, em bem-estar alheio, em colaborar para a formação de uma sociedade …

Orixás - Por Pai Etiene Sales

Imagem
Orixás são divindades. 
Fagulhas de um sagrado que mistura o entendimento humano, nossa capacidade de entendimento de tais seres, com a força emanada por eles que nos dão sustento.  Principalmente nos piores momentos de nossas vidas. 
Orixás são vida. Uma chama tranquila de vida que nos desperta para uma outra consciência, em que não existe bem nem mau, mas um significado para todos os nossos atos e ações.  Fazendo com que saibamos que eles estão lá, em um lugar qualquer, nos orientando, nos guiando, nos enriquecendo de sabedoria.  Porém, não são responsáveis pelos nossos erros, nossas escolhas ruins, nossos infortúnios, nossas quedas, nossa ignorância, pois Eles avisam, alertam, orientam ...  Mas é nossa a vida e são nossas as escolhas. 
Orixás são caminhos.  Que deveríamos seguir, mas acabamos desviando, tentando atalhos, uma maneira melhor e mais rápida ... Daí voltamos, e eles estão lá nos esperando. Sempre de braços abertos, mesmo que nos sacudam e nos dêem broncas, estão lá, aguarda…

A Começar por Mim

Imagem
Jesus,
Quero postar-me sempre a Teu serviço,
E cantar mundo afora a Tua mensagem
Transformada na Terra em confortante
e doce aragem.
Não pretendo, jamais, fazer-me omisso,
Ante tanto trabalho que me espera
Como seareiro da esperança,
Antecipando as conquistas da nova era.

Mestre,
Quero seguir-Te sem cansaço,
E pautar-me pelos Teus ensinamentos,
passo a passo,
Apresentando ao mundo o nosso Pai.
Quando vejo o caminho em que
nossa humanidade vai,
E percebo os enganos, os vícios, os males e a dor,
Sinto que posso ser útil onde for,
Sinto, então, que posso ser Teu instrumento.
Fortifica-me, assim, e ilumina-me
cada sentimento,
Inspira-me na ação do bem de cada dia.
Sabedor como sou de que esperas que a alegria
Alcance cada lar e cada coração,
Que vibras para que tudo seja renovação
Nos rumos dessa vida planetária,
Não permitas, Jesus,
Que a luta necessária possa cansar-me a alma.
Faze-me mais consciente do meu próprio dever,
Para que Teu servidor honrado eu possa ser,
Dando brilho e valor aos labores pelo mundo.
Quero d…

Consulta na Umbanda é Coisa Séria

Imagem
Existem muitas pessoas que vêm perguntar aos guias sobre assuntos os mais variados: saúde, vida sentimental, vida material e até mesmo vida espiritual.Querem emprego, namorados, dinheiro, posição.
… Querem se livrar dos inimigos, dos aborrecimentos; querem ganhar na loteria, saber do marido ou mulher e com quem andam. Querem que os guias deem respostas para qualquer pergunta por mais indiscreta e complicada que seja e que, além disso, resolva rapidamente as situações mais escabrosas, os problemas mais difíceis.
Nada disso é sério.
Consulta na Umbanda é esclarecimento, conselho amigo e sábio dado por um guia de Luz e que enxerga longe para ajudar a quem necessita, para caminhar na estrada difícil da escola da vida. Para guiá-lo para a luz.
O médium que dá consultas, quando incorporado com seus guias, assume uma grande responsabilidade para com a pessoa atendida. Essa tem, habitualmente, propensão para acreditar cegamente em tudo o que ouve do médium incorporado. Uma palavra leviana pod…

Adoração de Imagens

Imagem
Parece ter virado moda a insensatez em acusar os umbandistas de “adoradores de imagens”. Isso apenas demonstra a falta de conhecimento daqueles que, na ânsia de nos diminuir, falam bobagens pelos cotovelos. 
Usamos imagens, sim, mas não as adoramos. Temos a plena consciência de que são apenas símbolos moldados e não seres divinos. Não temos o hábito de entregar nossos pedidos e oferendas a elas e quem diz que o fazemos, deve procurar estudar e entender nossos rituais, antes de fazer comentários descabidos..
As imagens estão em nossos congás para uma ligação visual com a entidade ou orixá representados por elas.
Os médiuns, principalmente os inexperientes, sentem grande dificuldade em firmar para uma boa incorporação sem um elemento visual apropriado. 
Não há como explicar a um filho que acaba de entrar no terreiro que a firmeza de Iemanjá, por exemplo, deve nos remeter ao mar e, unicamente, à energia emanada dele. Muito mais fácil e direto quanto apresentamos a bela imagem dessa orixá…

A Calunga Grande

Imagem
O termo "calunga" é de origem bantu e tradicionalmente faz referência à morada dos mortos, ou mais comumente, ao cemitério. Assim, sempre que nos referimos à calunga, estamos nos referindo ao campo santo, o cemitério, o local os despojos carnais são depositados. No entanto, essa palavra assumiu uma outra dimensão.

Ao serem capturados (ou ao ver seus irmãos sendo feitos cativos) e colocados em navios negreiros, os africanos passaram a ver o mar como um grande cemitério, já que a viagem rumo à escravidão representava uma espécie de morte em vida. Era como se o mar levasse embora tudo que lhes era precioso: os costumes, a crença, a dignidade, o convívio com os entes queridos e, principalmente, a liberdade. Dessa forma, o mar passou a ser encarado como uma grande calunga, ou seja, como um grande cemitério.

Assim surgem dois novos verbetes no vocabulário do negro – e que viriam integrar o dialeto das religiões com matiz africana: a calunga grande (o mar) e a calunga pequena …

Palavras de um Exu

Imagem
O Guardião da Meia Noite, Livro inspirado por Pai Benedito de Aruanda através do médium Rubens Saraceni, nos revela a extraordinária história da trajetória de um Exu, desde sua estadia no corpo físico até se tornar um servidor da Lei Divina. Abaixo, selecionei um trecho do livro que esclarece quem são e como trabalham os nossos fiéis amigos servidores da Umbanda. É mais uma constatação de que, para se conseguir trabalhar nas trevas, é preciso ter luz! Laroiê todos os Exus de Lei! Obrigada, Rubens Saraceni, por este excelente trabalho. (Ednay Melo)

***
Trecho do capítulo "Conhecendo a Lei":


"E eu pensei: Como era poderoso o Guardião dos Sete Portais das Trevas, que leu o meu pensamento.


- Não pense que consegui o meu poder sendo um tolo. Sempre dormi com um olho aberto. Nunca deixei uma ofensa sem resposta, nem um inimigo mais fraco sem conhecer o meu poder. Nunca deixei de respeitar um igual ou de temer a um mais forte. Foi assim que consegui tanto poder. Também nunca saí …

As Fontes Energéticas da Umbanda

Imagem
Muitas pessoas necessitam, ainda, de algo que funcione como muletas psicológicas, a fim de desenvolverem seu potencial.


Mas na Umbanda o que acontece é bem diferente, o altar ou “gongá”, os objetos de culto e todo o simbolismo são utilizados visando compor o que as entidades chamam de “bateria magnética”, uma espécie de bateria psíquica que concentra as energias para as tarefas a serem realizadas.
A Umbanda, como já vimos, lida com fluidos, às vezes, muito pesados, com magnetismo elementar e uma grande quantidade de pessoas que vem em busca de recursos e devido à falta de informação não conseguem compreender seu verdadeiro objetivo.
O “gongá” é uma verdadeira concentração de energia, pois todos concentram nele seus pensamentos, suas orações, suas criações mentais mais sutis. Então quando os mentores espirituais precisam de uma cota de energia maior para a realização de determinadas atividades, recorrem a esse “depósito de energia”, mas o gongá é também um imenso reservatório de ectopla…