A Começar por Mim


A Começar por Mim

Jesus,
Quero postar-me sempre a Teu serviço,
E cantar mundo afora a Tua mensagem
Transformada na Terra em confortante
e doce aragem.
Não pretendo, jamais, fazer-me omisso,
Ante tanto trabalho que me espera
Como seareiro da esperança,
Antecipando as conquistas da nova era.

Mestre,
Quero seguir-Te sem cansaço,
E pautar-me pelos Teus ensinamentos,
passo a passo,
Apresentando ao mundo o nosso Pai.
Quando vejo o caminho em que
nossa humanidade vai,
E percebo os enganos, os vícios, os males e a dor,
Sinto que posso ser útil onde for,
Sinto, então, que posso ser Teu instrumento.
Fortifica-me, assim, e ilumina-me
cada sentimento,
Inspira-me na ação do bem de cada dia.
Sabedor como sou de que esperas que a alegria
Alcance cada lar e cada coração,
Que vibras para que tudo seja renovação
Nos rumos dessa vida planetária,
Não permitas, Jesus,
Que a luta necessária possa cansar-me a alma.
Faze-me mais consciente do meu próprio dever,
Para que Teu servidor honrado eu possa ser,
Dando brilho e valor aos labores pelo mundo.
Quero dizer-Te, enfim,
Que posso abrir os braços
E abraçar os meus irmãos, que, como eu,
São caminheiros do progresso,
E, por isso, Jesus, é que ainda Te peço:
Abrasa-me todo ser para que eu seja
nobre e companheiro,
Espalhando no planeta o Teu luzeiro,
E, ao mesmo tempo, que ouvir-Te a doce voz,
Porque, então, jamais me sentirei a sós,
E, encorajado, cantarei, enfim,
Toda ventura que me irá na alma,
Feliz por poder acolher-Te dentro de mim.
Pelo Espírito
Ivan de Albuquerque

Comentários