Livro: História da Umbanda no Brasil


Livro: História da Umbanda no Brasil

A história da Umbanda é uma grande pesquisa em construção. 

Genuinamente brasileira, e com pouco mais de um século de existência, essa religião está cercada por muitos mistérios. Para entendê-la é necessário conhecer seus aspectos fenomênicos, magísticos, mediúnicos, ritualísticos, doutrinários e filosóficos, nas suas causas. Sua divulgação é necessária para que, cada vez mais, umbandistas e adeptos dos cultos afro-brasileiros conheçam suas origens e seu desenvolvimento.

A História não comprova os fatos; esse atributo pertence à Ciência. O que o historiador faz é registrar os fatos com o olhar de pesquisador e com sua metodologia e influência política, social e religiosa próprias. Foi essa a metodologia utilizada por Diamantino Trindade ao preparar esta obra, cujo principal objetivo é resgatar a memória dos pioneiros, das entidades espirituais, dos médiuns, escritores, tendas, terreiros e outras instituições que estruturaram o Movimento Umbandista. Uma abordagem sobre as religiões e cultos que influíram nos rituais umbandistas: o Candomblé, o Omolokô, o Catimbó Jurema, o Tambor de Mina, a Kimbanda, a Cabula, as Macumbas, o Catolicismo, e o Kardecismo, procura localizar o leitor no contexto histórico dos caminhos da Umbanda.

Trata-se de uma obra direcionada tanto para os leitores iniciantes quanto para os frequentadores dos templos, médiuns e sacerdotes umbandistas. Logo, para quem se interessa pela Umbanda em profundidade, aqui está uma obra ímpar que dá prosseguimento ao resgate de sua história; um livro-luz que irá iluminar e orientar o leitor na senda do conhecimento da “Senhora da Luz Velada” – a Umbanda de todos nós.

Segundo ao autor, após a leitura deste livro, poder-se-á afirmar, sem medo de errar, que a Umbanda tem história registrada.


PREFÁCIO
SER ESPÍRITA
1. INTRODUÇÃO
2. MITO E SINCRETISMO
3. LENDAS YORUBÁ SOBRE OS ORIXÁS
4. ASPECTOS HISTÓRICOS SOBRE A RELIGIOSIDADE DA ETNIA NEGRA
5. A RELIGIÃO COMO FORMA DE RESISTÊNCIA
6. OS CANDOMBLÉS
7. CANDOMBLÉ DE CABOCLO
8. TAMBOR DE MINA
9. A CABULA
10. O CATIMBÓ JUREMA
11. AS MACUMBAS
12. PADRE GABRIEL MALAGRIDA – O JESUÍTA
13. ALLAN KARDEC E A CODIFICAÇÃO DA DOUTRINA DOS ESPÍRITOS
14. O CONTEXTO HISTÓRICO E SOCIAL DO BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XIX
15. O CABOCLO CURUGUÇU E O SURGIMENTO DO MOVIMENTO UMBANDISTA
16. ZÉLIO DE MORAES E O ADVENTO DO CABOCLO DAS SETE ENCRUZILHADAS
17. PAI ANTONIO E AS RAÍZES DO RITUAL UMBANDISTA
18. O CABOCLO DAS SETE ENCRUZILHADAS
19. UM VERDADEIRO MILAGRE NA TENDA NOSSA SENHORA DA PIEDADE
20. DAVID ST. CLAIRE – TAMBORES E VELAS
21. ORIGENS DA PALAVRA UMBANDA
22. LEAL DE SOUZA – O PIONEIRO DA LITERATURA UMBANDISTA
23. ORIXÁ MALET – UM NOVO REFORÇO
24. ZÉLIO DE MORAES
25. ZÉLIO DE MORAES NO JORNAL NOTÍCIAS POPULARES
26. AS SETE TENDAS MESTRAS
27. O CAPITÃO PESSOA
28. A TENDA ESPÍRITA MIRIM E O PRIMADO DE UMBANDA
29. O TEMPLO DO CABOCLO ROMPE MATO
30. O CAPITÃO LAURO E A TENDA ESTRELA DO MAR
31. A TULEF E O CENTRO ESPÍRITA CAMINHEIROS DA VERDADE
32. REVENDO A HISTÓRIA DO INÍCIO DA UMBANDA
33. A UMBANDA COMO MOVIMENTO RELIGIOSO URBANO
34. A PERSEGUIÇÃO DA DITADURA VARGAS E A PRIMEIRA FEDERAÇÃO
35. O PRIMEIRO CONGRESSO BRASILEIRO DO ESPIRITISMO DE UMBANDA
36. JAMIL RACHID E PAI JAÚ
37. W.W. DA MATTA E SILVA E O ADVENTO DO PAI GUINÉ
38. AS ORIGENS DO BABÁ
39. RONALDO ANTONIO LINARES E O SANTUÁRIO NACIONAL DE UMBANDA
40. AS SETE LINHAS DA UMBANDA
41. A LINHA DE SANTO
42. O OMOLOKÔ
43. O SEGUNDO E O TERCEIRO CONGRESSOS NACIONAIS DE UMBANDA
44. UMBANDA E CATOLICISMO
45. CHICO XAVIER E A UMBANDA
46. CABOCLOS E PRETOS VELHOS DA UMBANDA (João Severino Ramos)
47. A KIMBANDA
48. EXU! PODER E PERIGO!
49. SEU SETE DA LIRA – O EXU DO POVO
50. PORQUE SOU UMBANDISTA
51. O USO INDEVIDO DOS PONTOS CANTADOS DE UMBANDA
52. ASPECTOS HISTÓRICOS SOBRE O HINO DA UMBANDA
53. UMBANDA NA MÍDIA
54. UMBANDA – O GRANDE CADINHO DAS ALMAS
CONSIDERAÇÕES FINAIS
ANEXOS
BIBLIOGRAFIA
SITOGRAFIA
SOBRE O AUTOR

Ed. Conhecimento






Comentários