Macumba para Trazer o seu Amor de Volta


Macumba para Trazer o seu Amor de Volta


Macumba para trazer seu Amor de volta... Preste bem atenção... porque serve para todos que procuram uma solução eficaz... serve pra ele e para ela!



Ingredientes: 


Pegue um pedaço do sofrimento que causou.

Algumas gotas de tristeza que deixou ficar.

Junte em um coração ferido pelo seu esquecimento.

Coloque tudo em uma pessoa que outrora você amou

Alias, leve também aquela rosa vermelha que esqueceu de entregar a ela

Ou talvez os bombons que não comprou no aniversário dela.

Perfume-se com o odor dos ignorantes na arte do amor.

Velas? não precisa não vai conseguir acender a chama naquele coração novamente.

Onde fazer a macumba:

Leve tudo isso dentro de você e entregue em um jardim bonito, Onde fica?

No lugar que você deixou de levá-la um dia.

Deixe tudo no chão que gostaria de sentar-se com ela.

Deixe ali e vire-se de costa, como você sempre virou a aquela que amou.

Não olhe para trás, não vai adiantar ser curioso, não encontrará ninguém te esperando.

Depois de tudo isso feito, no dia seguinte deverá fazer a seguinte reza:

Querida amada que me abandonou

Perdoe por não satisfazê-la em seus sentimentos

Não sou merecedor do seu amor

Prometo que vou deixá-la em paz

Quando amar de novo, vou fazer de tudo

Para ser amado e não ser odiado

Não trairei mais o meu amor

Não esquecerei as datas importantes

E o mais importante é não esquecer

Quem se importa comigo.

Queridos irmãos, não existem macumbas, eu escrevi este artigo para saciar os curiosos, e também aqueles que procuram outras pessoas ou alguém para resolver os problemas que causou, a palavra "MACUMBA", neste caso, é uma forma de reflexão sobre o que refletimos ao nosso semelhante através de nossos atos praticados, e quantos sofrem por não dar valor as pessoas nas oportunidades certas.

Na próxima vez faça tudo diferente!

Uma frase de Chico Xavier cabe aqui, disse ele um dia...

Não se pode mudar o passado, mas você pode hoje fazer o começo de um novo futuro.

Paz Amor e Harmonia

Emidio de Ogum


Comentários