Planejamento



Planejamento

A grande tônica, para altos empreendimentos, tanto quanto para todos aqueles que desejam bem gerir suas vidas, conseguindo o máximo das horas, é planejar.

Qualquer um sabe que, para que as horas do dia se multipliquem em atividades diversas, é preciso planejar.

Pensamos, então, em como se faz importante que planejemos cada um dos nossos dias, a fim de conseguirmos o melhor do crescimento para nós, Espíritos imortais.

Assim pensando, encontramos as palavras do autor S. F. Partridge que estabelece um programa diário:

Somente por hoje, serei feliz. Isso comprova ser verdade o que disse Abraham Lincoln, que a maioria das pessoas é tão feliz quanto decide ser. A felicidade é algo interior; não é assunto de fora.

Somente por hoje, tratarei de ajustar-me ao que é e não de ajustar todas as coisas aos meus próprios desejos. Aceitarei minha família, meus negócios e minha sorte tal como são e procurarei adaptar-me a tudo isso.

Somente por hoje, cuidarei do meu organismo. Vou exercitá-lo, atendê-lo e alimentá-lo. Não abusarei dele nem o abandonarei, de forma que seja uma máquina perfeita para os meus propósitos.

Somente por hoje, tratarei de fortalecer o meu Espírito. Aprenderei algo útil. Não serei um preguiçoso mental. Lerei algo que requeira esforço, meditação e concentração.

Somente por hoje, exercitarei minha alma de três modos. Farei a alguém algum bem sem que esse alguém o descubra. E farei duas coisas que não me agradam fazer, somente, como disse William James, para exercitar-me.

Somente por hoje, serei agradável. Terei o melhor aspecto que possa, vou me vestir com a maior correção, falarei em voz baixa, vou me mostrar cortês, serei generoso no elogio, não criticarei ninguém, não encontrarei defeitos em nada.

Somente por hoje, tratarei de viver unicamente este dia, sem abordar ao mesmo tempo todo o problema da vida. Posso fazer em doze horas coisas que me espantariam, se tivesse que mantê-las durante uma vida inteira.

Somente por hoje, terei um programa. Consignarei por escrito o que espero fazer cada hora. Posso não seguir o programa exatamente, mas o terei. Eliminarei duas pragas: a pressa e a indecisão.

Somente por hoje, terei meia hora tranquila de solidão e descanso. Nessa meia hora, pensarei às vezes em Deus, a fim de conseguir uma maior perspectiva da vida.

Somente por hoje, não terei temor e especialmente não terei temor de ser feliz, de desfrutar o belo, de amar e de acreditar que os que amo me amam.

* * *

A cada dia nos é oferecida uma nova página para escrevermos o nosso livro da vida.

De nós depende eleger as tintas do arco-íris da fortuna ou o cinza-opaco do desalento e da amargura, para a escrita diária.

De nós também depende escolher o relato tenebroso e destruidor da mágoa, do ódio e da malquerença, ou as palavras doces e belas da linguagem do amor.


Redação do Momento Espírita, com base no cap. Somente por hoje, de S. F. Partridge, e no cap. Conselhos para ser feliz, de Rabindranath Tagore, do livro Um presente especial, de Roger Patrón Lujan, ed. Aquariana.


Comentários