Dança Cigana


Dança cigana



Como qualquer tipo de dança étnica ou comum bem executada, com bases sérias e seguras, a Dança Cigana trabalha com a harmonização do corpo e reconhecimento do ser humano como parte do universo, sua ligação com a natureza e a espiritualidade, traduzida em sensibilidade e movimentos, e a partir disso encontrar seu caminho e escolhas na própria vida.


A dança é uma oração, sendo assim, sagrada.


Uma série de elementos e significados a compõe, delimitando suas diferenças, a Dança Cigana é uma arte traduzida magnificamente em ritmos e passos que falam da história de um povo milenar. 

Antes de um trabalho corporal e consciência deste, a Dança Cigana promove um encontro com uma realidade que parece distante, mas muito íntima da vida de cada um, pois é de sentimentos e energia que se move a vida e é dessa forma que a Dança Cigana ensina.

Pelas tantas caminhadas, há diversas influências na dança cigana, influências que falam de costumes e crenças, diferenciando o ritmo e o bailar, mesmo assim mantendo toda a profundidade, força e sensibilidade que caracteriza essa arte. 

Pois para os ciganos: “Dançar é conhecer a vida, é ser a vida!”.


A Dança Cigana é sagrada, dançar ao ritmo cigano não é apenas reproduzi-lo em movimentos, a dança é uma oração única, onde o bailarino tem a oportunidade de mostrar quem é, ou seja, seu ser, sentimentos, sonhos, a sabedoria que adquiriu em sua jornada e tudo que ainda busca, sua comunhão com a natureza e o sagrado, descobrir que faz parte de um todo divino chamado Universo.



Elementos da Dança Cigana

Lenço: força e mistério, purificação, delicadeza e feminilidade.

Leque: misterioso, sensual, elegante, perigoso e sedutor.

Fitas: alegria, brincadeira de criança, exaltação à beleza da vida.

Pandeiro: mensageiro da alegria, do sol e da esperança, anuncia a chegada de um novo caminho ou vida, celebra o sempre continuar. 



Texto de Sumaya Sarran - Dançarina e Instrutora de Dança Cigana




· Dança do Leque: dança do elemento Água, representa o amor, a sensualidade e a limpeza. 



· Dança do Xale: dança do elemento Fogo, representa o mistério e a magia. 



· Dança da Rosa: dança do elemento Terra, representa o amor, a beleza, a conquista e a sensualidade. 



· Dança do Véu: dança do elemento Ar, representa e expressa a leveza do corpo e a sensualidade. 



· Dança das Fitas Coloridas: dança do elemento Água, representa as lágrimas de alegria e tristeza derrubadas pelo povo Cigano; não os lamentos, somente comemorações. 



· Dança das Tochas: dança do elemento Fogo, mostra a fúria e o poder do fogo através das tochas acesas que reverenciam este elemento. 



· Dança do Pandeiro: dança dos Quatro Elementos, denota a alegria e sugere uma festa; serve também para purificar o ambiente. 



· Dança dos Sete Véus: para os ciganos essa dança representa uma despedida de solteiro. E os véus coloridos representam as sete cores do arco-íris e simbolizam o amor e a sensualidade. As cores dos véus representam os Quatro Elementos. 



· Dança do Punhal: dança dos elementos Ar e Terra, representam lutas, disputas, fúria e pode simbolizar a limpeza do ambiente e do corpo. 


· Dança dos Quatro Elementos: feita com representações dos quatro elementos como: Vela, Incenso, Cântaro (jarro d'água) e Sal, significa magia e limpeza do ambiente.

Fonte: Umbanda Estudo


Comentários