Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

A Umbanda não Precisa de Super-Heróis

Imagem
Humildade e caridade: provavelmente são os dois termos que mais se ouve na Umbanda. Constantemente somos lembrados que precisamos praticar a caridade e ser humildes. Ótimo, mas até que ponto realmente colocamos isso em prática?


Acredito que a caridade praticada sem a humildade torna-se vã para aquele que busca a evolução através dela. De que adianta dar passagem às suas entidades, permitir que seu corpo seja um aparelho para que elas ajudem as pessoas e depois cantar aos quatro ventos os seus super-dons mediúnicos?

A Umbanda não precisa de super-heróis. Não precisa de entidades que baixem no terreiro já dizendo "Eu sou a entidade tal e sou chefe da falange" - chefe? Suponhamos que seja realmente, mas será que a entidade tem necessidade disso ou será que isso é vaidade do médium?
Da mesma forma a Umbanda não precisa de entidades que ficam dando demonstração de força, que se viram para a assistência e dizem para uma determinada pessoa: "você não me conhece, mas vou falar …

Estudo analisa veracidade de cartas psicografadas por Chico Xavier

Imagem
Rayder Bragon
Do UOL, em Belo Horizonte
Pesquisa cientifica realizada por núcleo da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) concluiu que informações contidas em lote de cartas psicografadas pelo médium Chico Xavier, morto em 2002, eram verídicas.
Ao todo, foram analisadas treze cartas atribuídas a Jair Presente, morto por afogamento em 1974, na cidade de Americana (SP). As correspondências começaram a ser psicografadas pelo médium ainda no ano da morte de Presente e prosseguiram até 1979.
Conforme o psiquiatra Alexander Moreira-Almeida, diretor do Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (NUPES-UFJF), o estudo teve início em 2011 e foi feito em parceria com o Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a partir do pós-doutorado dos pesquisadores Denise Paraná e Alexandre Rocha.
O resultado, de acordo com o pesquisador, foi publicado em setembro deste ano pela revista científica Explore, editada na Holanda.
O interesse para desenvolver a pesquis…

Proteção Contra Mau Olhado

Imagem
Se você acredita que existe alguma força contra você, com certeza está alimentando o poder das energias ambientais em seu desfavor. De fato, essas forças existem e são poderosas. Mas assim como existe a “má-cumba”, acredite na força da “boa-cumba”. Acredite no extraordinário volume de coisas positivas que estão disponíveis só para você.


Quer saber como usar essas poderosas bênçãos da vida em seu favor? Reflita nesses 7 passos que sugiro:
1) Assuma responsabilidade sobre seus sentimentos e comportamentos e pare de transferir aos outros a razão de suas escolhas e dissabores.
2) Garimpe sempre o melhor que exista dentro de você, acolhendo com bondade e aceitação os seus equívocos e tropeços.
3) Desenvolva o hábito de sentir seus protetores espirituais no clima sagrado da oração e receba deles o alimento farto que suprirá suas forças.
4) Emita sempre que conseguir uma energia do bem a todos os que não te compreendem, não te apoiam e nem te querem bem.
5) Ouça sempre o que os outros dizem s…

Por que Você Fica Infeliz no Natal?

Imagem
POR QUE VOCÊ FICA INFELIZ NO NATAL???
UMA ABORDAGEM DIFERENTE DA MÍDIA QUE IMPÕE COMO DEVEMOS SER FELIZES.
Por que não vemos nem uma reverência ao Cristo e sim ao Comercio de Papai Noel?
Por que Papai Noel não tem família?
Se Jesus estivesse em terra, inventaria o Natal?
Quem formulou o Natal?
A formação do povo brasileiro foi severamente afetada pela catequese católica, formulada por uma casta eclesiástica dominadora e sedenta de poder, que por sua vez continua enfatizando o modelo de família perfeita, que na prática pode em alguns casos ser fantasiosa e hipócrita, muitas vezes despertando a impotência, a culpa, a tristeza e a depressão ao longo dos festejos de final de ano naqueles que não estão enquadrados neste modelo de felicidade. Gerou-se no inconsciente coletivo à ideia de que pra ser feliz, seja imprescindível o encontro e união familiar consanguínea, que em contrário não seremos felizes. Felicidade natural, vivenciada e não imposta, nem sempre são com entes de família carnal …

Feliz Natal!!!

Imagem
Nós, que fazemos a Tenda de Umbanda Luz e Caridade, desejamos a todos os nossos pais, filhos e irmãos espirituais, bem como aos nossos amigos e caros leitores do nosso Blog, um Feliz Natal com as bençãos de Jesus, nosso Pai Oxalá, através da vibração de amor de todos os Orixás em nossos corações!
Muito axé em 2015!!!
Obrigado por mais um ano em sua companhia!!!





Evocação do Natal
O maior de todos os conquistadores, na face da Terra, conhecia, de antemão, as dificuldades do campo em que lhe cabia operar.
Estava certo de que entre as criaturas humanas não encontraria lugar para nascer, à vista do egoísmo que lhes trancava os corações; no entanto, buscou-as, espontâneo, asilando-se no casebre dos animais.
Sabia que os doutores da Lei ouvi-lo-íam indiferentes, com respeito aos ensinamentos da vida eterna de que se fazia portador; contudo, entregou-lhes, confiante, a Divina Palavra.
Não desconhecia que contava simplesmente com homens frágeis e iletrados para a divulgação dos princípios redento…

O Mestre e a Cobra

Imagem
"Um mestre do Oriente viu quando uma cobra estava morrendo queimada e decidiu tirá-la do fogo, mas quando o fez, a cobra o picou. Pela reação de dor, o mestre a soltou e o animal caiu de novo no fogo e estava se queimando de novo. 
O mestre tentou tirá-la novamente e novamente a cobra o picou. Alguém que estava observando se aproximou do mestre e lhe disse: — Desculpe-me, mas você é teimoso! Não entende que todas as vezes que tentar tirá-la do fogo ela irá picá-lo?
O mestre respondeu: — A natureza da cobra é picar, e isto não vai mudar a minha, que é ajudar.
Então, com a ajuda de um pedaço de ferro o mestre tirou a cobra do fogo e salvou sua vida.
Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal, não perca sua essência; apenas tome precauções."




Água e Sal

Imagem
“O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d’água e bebesse.
– Qual é o gosto? – perguntou o Mestre.
– Ruim. – disse o jovem sem pensar duas vezes.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse junto com ele ao lago. Os dois caminharam em silêncio, e quando chegaram lá o mestre mandou que o jovem jogasse o sal no lago.
O jovem então fez como o mestre disse. Logo após o velho disse: – Beba um pouco dessa água.
O jovem assim o fez e enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou: – Qual é o gosto? – Bom! – o jovem disse sem pestanejar. – Você sente o gosto do sal? – perguntou o Mestre. – Não. – disse o jovem.
O Mestre então sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse: – A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que v…

O Fanatismo Religioso entre outros - Breve Ensaio

Imagem
Com certeza, o fanatismo alimenta às distorções dentro da religião e leva ao caos das relações interpessoais. À parte com a opinião do respeitável mestre Freud sobre religião, ateu convicto, consideramos este texto perfeito para reflexão e tentativa de prevenção:

O FANATISMO RELIGIOSO ENTRE OUTROS - BREVE ENSAIO Por Raymundo de Lima


Os primeiros sintomas de fanatismo e suas estratégias de sedução
O início de qualquer fanatismo consiste, em primeiro, reconhecermos um sujeito ou grupo estarem convictos, quando julgam de posse de uma certeza que recusa o teste da realidade. Nietzsche dizia que"as convicções são piores inimigas da verdade do que as mentiras", porque quem mente sabe que está mentindo, mas quem está convicto não se dá conta do seu engano. "O convicto sempre pensa que sua bobeira é sabedoria" [19] . Até no campo científico, há cientistas correndo o perigo de tornar-se convictos de suas teses. Edgar Morin analisa que quando algumas idéias se tornam supervalor…

Buscando o meu Orixá

Imagem
Ele andava triste, por muito tempo buscava uma resposta para suas aflições religiosas. Temia que sua fé minasse a ponto de não mais bater cabeça… quando aconteceu este encontro. Em meio ao perfume das ervas queimando na brasa, ao som dos atabaques, penumbra iluminada por velas, ele ajoelha e desaba:
- Vovô, já não aguento mais… – O que te aflige meu fio? – Vô, eu amo os Orixás, não tenho dúvida. Mas passei por tantas desilusões, fui enganado por pessoas que se diziam mestres no culto aos Orixás, ostentando todo tipo de títulos e artefatos. Sei que de certa forma aprendi coisas, mas no fim sempre uma desilusão…
- Continue meu fio…
Em lágrimas ele recobra o fôlego e prossegue. – Então meu velho, já deitei pro Santo, já assentei Orixás, já passei por muitos fundamentos quando eu cultuava o Orixá em outro segmento que não era Umbanda. Hoje não sei como fazer, de uns tempos pra cá começou meu Caboclo se manifestar, descobri que amo a Umbanda e este é meu caminho, o Caboclo disse que devo m…

Lições da Vida

Imagem
Em questão de disciplina,
Meditemos na grandeza
Das lições que nos oferta
O livro da Natureza

Primeiro é o mato bravio,
Que a enxada deve carpir.
Depois da semente, o fruto,
Messe de luz do porvir.

O barro feio e disforme,
Se trabalhado na brasa,
Faz-se o sublime ornamento
Que nos enriquece a casa.

Na roseira, toda espinhos,
Um dia, desponta a flor...
O espinho lembra degrau
Da imensa escada do amor.

Na escuridão do subsolo,
Em anônimo grotão,
O tempo faz o diamante
Numa lasca de carvão.

A fonte corre cantando
Da nascente para o mar,
Serve e luta no percurso
Para ser pura ao chegar...

Humilhações? Não te importes
Com o que muita gente diz.
Árvore quando podada,
Mais força tem na raiz.

Calúnia que alguém te faça?
O lírio é paz e perfume,
Um prodígio de beleza
Que, às vezes, cresce no estrume.

Do que plantares na vida,
Seja no bem ou no mal,
Surgirão celeiros fartos
No fundo do teu quintal.

No que se refere a dor.
A verdade é apenas uma:
Quem se atira na revolta
Não melhora em causa alguma.

Casimiro Cunha


O Trabalho de uma Corrente de Umbanda

Imagem
Creio ser muito importante abordar este assunto, pois, dentro de um terreiro, templo de Umbanda é imprescindível a boa harmonia e a constância da qualidade do trabalho em uma corrente de Umbanda.
A corrente, grande ou pequena, deve manter um trabalho harmônico, eficaz e muito firme para que o terreiro de Umbanda permaneça forte e execute verdadeiros trabalhos de atendimentos caritativos no decorrer do tempo de sua existência.

Mas de que maneira é possível manter a harmonia e eficiência dos trabalhos de corrente mediúnico no decorrer do tempo de convivência?

Como manter fiel, a corrente no sentido da responsabilidade e envolvimento constante nos trabalhos executados no terreiro?


Creio que, a responsabilidade do nível de comprometimento, da ética e do amor da corrente de médiuns para com o terreiro e seus trabalhos é inteiramente e intransferivelmente de seus dirigentes e sacerdotes!
O terreiro deve ter regras claras em todos os sentidos, e o óbvio nunca existirá pois, se houver um erro ou …

Desperdício de Médiuns

Imagem
Já andei por diversos lugares, diversos terreiros numa busca incessante por conhecimento e diversidades que possam existir dentro da religião.
A Umbanda é notoriamente uma religião embasada na Trindade Sagrada Preto-Caboclo-Criança, mas não é por isso que fica somente nisso!
Como é uma religião em franca expansão e permite um horizonte muito mais amplo do que outras religiões observa-se uma diversidade enorme no ritual, na maneira de trabalho das entidades, no conhecimento aplicado e adquirido durante o desenvolvimento dos trabalhos e por aí vai uma série de situações.
Absurdos já vi, mas também coisas maravilhosas.
Já tive oportunidade de conhecer terreiros que dão medo, onde eu jamais deveria ter colocado o pé. Mas também tive oportunidade de conhecer casas que não dá mais vontade de sair, e que quando terminam os trabalhos fica aquele gostinho delicioso de "quero mais".
Já conheci dirigentes e pais-de-santo. Dirigentes que se julgam simplesmente dirigentes e que têm como …