Entenda o que é Magia


Entenda o que é Magia



Para Papus (1865-1916), magia é o estudo e a prática das forças da natureza e por isso é considerada uma ciência pura. O apelo às forças divinas, a caridade e as orações representam o uso correto e útil para entrar em contato com o mundo divino.

Palavra originária do grego magein designava originalmente a ciência e a religião dos sacerdotes de Zoroastro. Quem quer praticar a verdadeira magia deve ser um conhecedor das diferentes vertentes religiosas para obter o que considera como sua verdade.

Paracelso (1493-1541) explicou que a magia significava o poder do espírito humano para governar todas as influências exteriores com o objetivo de fazer o bem.

Helena Blavatsky (1831-1891), escreveu em seus tratados teosóficos que a magia é a grande ciência, considerada sagrada e inseparável da religião. Ela é a arte de utilizar conscientemente os poderes invisíveis (espirituais) para produzir efeitos visíveis. A vontade, o amor e a imaginação são poderes mágicos que todos possuem. Aquele que sabe desenvolvê-los de modo consciente e eficaz é considerado um mago.

A fé em si mesmo é essencial para praticar a magia e, em muitos casos, é necessário o isolamento e também a abnegação.

A magia é o caminho para se comunicar com as potências supremas. Os magos empregam seus poderes para auxiliar as pessoas, desde que essa ajuda seja sempre realizada em harmonia com as leis que regem seu estágio e crescimento espiritual. Ela deve estar baseada na lei da simpatia, a qual entende que uma coisa pode agir sobre outra à distância, pelo fato de estarem secretamente ligadas entre si, por meio de laços invisíveis.

Os místicos da Idade Média dividiram a magia em duas partes: teurgia e goecia. A teurgia é conhecida por teósofos e metafísicos. É a magia utilizada para entrar em contato com o universo dos anjos, pedir auxilio, realizar os rituais angélicos, etc. Quem se utiliza desta magia é intitulado "mago branco".

A goécia é o mesmo que a magia negra, ou seja, usa os encantamentos para atrair os espíritos inferiores e malignos para fins egoístas. Quem faz uso desta magia é considerado um "mago negro".

O mago branco, portanto, é impulsionado pelo amor e benevolência. Ele não atua na expectativa da recompensa e sua alma se desenvolve de maneira intensa como resultado do emprego que ele faz da magia. Já o propósito do mago negro é o ganho financeiro e fins egoístas.

A magia é conhecida há séculos e foi utilizada em várias civilizações. Na Idade Média, todos os praticantes de magia foram perseguidos e mortos pela igreja católica, já que se acreditava que os magos cultuavam o demônio.

A feitiçaria é diferente da magia, pois está relacionada com as forças da alma animal. A magia está direcionada ao poder que todo ser humano tem em conectar-se com o universo superior, incluindo anjos, mestres ascencionados, seres de luz, etc.

Toda pessoa é dotada de um enorme reservatório de força mágica sendo possível acessá-la por meio do uso de técnicas adequadas.

Monica Buonfiglio



Comentários