Pular para o conteúdo principal

Destaques

Comentário do Cap. VIII do Livro dos Médiuns - Por Ednay Melo

o poder dos espíritos sobre a matéria

COMENTÁRIO DO LIVRO DOS MÉDIUNS / ALLAN KARDEC

Cap. VIII - DO LABORATÓRIO DO MUNDO INVISÍVEL

P. Como se processa o vestuário e acessórios que os espíritos nos apresentam?

R. De forma aparente. O vestuário do espírito é uma imitação do que ele usava quando encarnado, se assim queira apresentar-se, e ele o torna tangível através da mobilização do perispírito com o princípio material disponibilizado no fluido cósmico universal.

Não há uma regra geral para a aparição dos objetos. As vestes normalmente são produzidas com o auxílio do perispírito, já os acessórios são produzidos através somente do fluido cósmico universal, ambos em conjunto com a vontade do espírito. Todos os fenômenos espirituais são realizados diante da extração do elemento universal.

Os espíritos têm poder sobre os elementos materiais. Através da vontade eles plasmam qualquer objeto. 
Ex: Tem forte vontade de tomar café, imagina esta bebida quentinha e cheirosa depositada em uma xícara e, assim, surge ao seu lado uma xícara de café.

O espírito pode dar ao objeto não somente a forma, mas também as suas propriedades. Com o exemplo da caixa de rapé: se a senhora aspirasse este elemento, este a faria espirrar.

Então, o espírito pode usar o seu poder sobre a matéria para a aquisição de medicamentos, de alimentos, etc, surtindo o mesmo efeito dos existentes na matéria, diante da necessidade, da vontade do espírito e da permissão de Deus.

P. Os objetos que se tornam tangíveis podem permanecer assim e tornarem-se de uso?

R. Poderia, mas não se faz porque está fora das leis.

P. O espírito inferior também tem este poder? Poderia ele se utilizar de um objeto para o mal, como atirar uma flecha ou a bala de uma arma de fogo contra alguém?

R. Poderia, mas não o faz porque não tem permissão.

P. Todos os espíritos têm o conhecimento exato de como plasmar um objeto?

R. Quanto mais elevado é o espírito, mais facilmente ele consegue. Quando o espírito é de ordem inferior isto se dá de forma instintiva.

Lembramos, caro leitor, do filme "Ghost". Quando o espírito do metrô ensina o outro a empurrar um objeto e quando lhe é perguntado como ele consegue, ele responde: "E eu sei lá como consegue! Só sei que tem que ter vontade e emoção!"

Este exemplo ilustra que o espírito inferior pode produzir o fenômeno da aparição, mas nem sempre tem o entendimento. Este fato é mostrado sempre em obras espíritas, quando do relato de verdadeiras organizações das sombras que não conseguem por em prática os seus projetos nefastos, por falta de entendimento da ciência espiritual, e logo são desfeitos e combatidos pela sabedoria dos espíritos de luz.

Enfim, ao espírito é possível grande ação sobre a matéria elementar, é possível não somente formar substâncias, como também modificar-lhes as propriedades pela ação da sua vontade. Isto explica também a questão do magnetismo que cerca todos os trabalhos espirituais.

Ednay Melo




Comentários