Pular para o conteúdo principal

Destaques

Banalização da Umbanda nas Redes Sociais

Banalização da Umbanda nas Redes Sociais


O caso realmente é muito sério. Expor o sagrado é falta de respeito às forças espirituais da nossa religião. Com o pretexto da divulgação da beleza da religião e quebra de preconceito, muitos expõem ao ridículo o nome da Umbanda para a sociedade em geral. Desde a fundação da nossa Casa, tivemos a orientação espiritual do cuidado e responsabilidade que se deve ter em preservar a imagem da Umbanda e de tudo que a representa. O texto abaixo deve ser lido por todo umbandista. Parabéns ao autor.

Blog Tulca

*



BANALIZAÇÃO DA UMBANDA NAS REDES SOCIAIS

Para nós as incorporações mediúnicas são sagradas e a sua divulgação na internet não só banaliza, mas profana nossa religião. Temos que preservar nossas tradições dos "de fora" que a preconceituam. Não é colocando vídeos no YouTube ou fotos duvidosas no facebook que vamos elucidar a Umbanda frente a sociedade civil.

O discurso de ódio contra as religiões mediúnicas e de matrizes africanas é ferrenho e crescente. Desmistificar é uma atitude importante contra a intolerância e para isto se requer estudo, prática, manejo do fundamento, organização, disciplina... Mas infelizmente, o que estão fazendo é como jogar querosene na fogueira, divulgando toda sorte de trabalhos sem quaisquer respeito a ética e ao direito individual, numa clara disputa de clientela com outros cultos no farto mercado mágico religioso, e assim dando munição para o recrudescimento da intolerância e da violência. Já passamos do limite e lamentavelmente tem muita banalização postada pelos que se dizem "de dentro" da Umbanda.

Pérolas de Ramatis - Facebook



Comentários

  1. Verdade minha mae,muito sério isto,muitos não sabem preservar,bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário