Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Malunguinho na Umbanda / Por Ednay Melo

Imagem
"(...)A ciência da Jurema todo mundo quer saber, ela é como o segredo da abelha, trabalha sem ninguém vê(...)"
Malunguinho é considerado o representante do culto à Jurema Sagrada no Nordeste.
Não se tem notícias se esta pessoa realmente existiu com este nome no séc XIX, mas a sua obra de bravura para libertação e sobrevivência do povo negro tem registros na história. Todos os líderes quilombolas da Província de Pernambuco daquela época chamavam-se Malunguinho, cujo termo banto "malungo" significa companheiro de lutas. O último líder quilombola, chamado João Batista, foi morto no dia 18 de setembro de 1835. Nesta data a Tulca homenageia este grande Mestre da Jurema: Reis Malunguinho, "Reis" porque ele não é apenas um.
A história de Malunguinho faz parte da história do nosso País, assim, Malunguinho remete ao arquétipo de liderança, bravura, luta, sofrimentos e alegrias no sentimento de união, fraternidade e parceria na busca da dignidade humana.
Malunguinho…

Feliz Natal!

Imagem

O Médium Obsidiado

Imagem
Trecho do Livro: Obsessão e Desobsessão / Suely Caldas
“Se um médium não se conduzir convenientemente perante a Doutrina, ou por qualquer outra circunstância demonstrar sinais de domínio de um obsessor, será indispensável que suspenda qualquer labor mediúnico, visto que já não poderá inspirar confiança as comunicações que receber e se poderá também prejudicar grandemente, dando ensejo à solidificação da obsessão.’ (Recordações da Mediunidade, Yvonne A. Pereira, capítulo 10.) 
Todo obsidiado é médium. Isto não significa, contudo, que ele deva desenvolver a sua faculdade. Na maior parte das vezes é exatamente o que ele não deve fazer. Antes de mais nada, requer um tratamento espiritual condizente com o seu estado. 
André Luiz esclarece: “O obsidiado, porém, acima de médium de energias perturbadas, é quase sempre um enfermo, representando uma legião de doentes invisíveis ao olhar humano.” (37) São “médiuns doentes”, diz o citado autor espiritual, que trazem consigo “aflitiva mediunidade …

Magia Negra Segundo Manoel Philomeno de Miranda

Imagem
As práticas da magia negra atingem aqueles que se lhes fazem receptivos. Consciência de culpa inata, insegurança emocional, desajustes temperamentais, invigilância moral, insatisfação pessoal, ociosidade mental, conduta irregular e os débitos passados constituem campo vibratório propício à sintonia com as induções mentais dos maus – telepatia e telementalização perniciosas –, assim como as ondas da magnetização de objetos ofertados para as práticas nefastas – imantações fluídicas – e, por fim, a afinidade vibratória com os Espíritos perversos. (Loucura e Obsessão, cap. 9, pp. 115 e 116.)






Orixás Homenageados na Tulca

Imagem
E assim... Chegamos a mais um final de ano!!!

Louvando, com muito amor, os Orixás homenageados neste mês de dezembro: Pai Oxalá, Mãe Iansã e Mãe Iemanjá!!!


Parabenizamos todos os batizandos que fizeram esta Gira ainda mais bonita!!! Acolhidos pela Luz de Oxalá carregam agora a Sua Bandeira, com a Sagrada Lei de Umbanda no coração!!!


Agradecemos profundamente a todos que contribuíram este ano para o crescimento da nossa Tenda, dedicando carinho, boas vibrações e confiança aos nossos trabalhos!!!

Rogamos a Deus Olorum, a Pai Oxalá e todos os Orixás, paz, saúde e prosperidade na vida de todos, juntamente com os vossos familiares e amigos!!!

Que a luz da Umbanda ilumine as consciências e desperte, neste Natal, o sentimento de fraternidade universal, para construirmos um mundo de paz, mais humano e mais justo!!!

Feliz Natal e Feliz Ano Novo!!!

Carinhosamente,
Família Tulca!!!



P.S. Aguardem a nossa agenda 2016, em breve será publicada neste Blog.