Postagens

Dia primeiro do ano: "Paz Seja Convosco"

Imagem
Dia de paz! Paz neste dia! Paz neste ano que se inicia a todos os justos, porque Xangô chegou!

Que na sua regência neste ano de 2014 impere a justiça em todo o planeta, onde os bons e maus, justos e injustos, sinceros e falsos, humildes e arrogantes, caridosos e egoístas, pacíficos e odientos, brancos e pretos, ricos e pobres, no íntimo da alma, recebam cada qual a sua recompensa, e que, acima de tudo, fique o aprendizado, assim como ficou o aprendizado do ano de 2013, regido por Omulu, Orixá que transmite a consciência de carma e que, assim, foi um ano de sofrimentos para muitos. Mas a consciência da Justiça reina agora com a Sua Majestade Xangô Kawô Kabiecile!

Que possamos dar continuidade às nossas reflexões de final de ano neste dia de paz mundial, e façamos as mudanças necessárias na força de Iansã, os ajustes necessários para sermos melhores do que ontem e merecedores do amor de nosso pai Olorum e de todos os Orixás, na certeza de um amanhã ainda cheio de paz!

Ednay Melo



Homenagem aos Orixás mês Dezembro 2013

Imagem
E assim, com muita alegria e consciência do dever cumprido, encerramos o nosso ano...


Epa Babá nosso Pai Oxalá! Salve a sua grandeza e o seu amor por nós!





Eparrê nossa Mãe Iansã! Salve a sua perseverança a se refletir em nós!





Odô iá! Oh doce Iabá nossa Mãe Iemanjá! Salve a sua luz a nos direcionar!






Agradecidos estamos e sempre estaremos pela oportunidade de interagir com as energias sublimes dos nossos Divinos Orixás!
Agradecidos estamos a todos os que confiaram e se uniram a nós para expandir esta pequena centelha de luz a todos os necessitados!
Feliz Natal e Próspero Ano Novo a todos os que fazem a Família TULCA e a todos os que fazem a nossa grande família universal.

Ednay Melo






Salve o Dia 13 de Dezembro - Salve a Marujada!

Imagem
Marinheiros
Entidades que trabalham na linha das águas, os marinheiros chegam aos terreiros cambaleando como quem não se acostuma à terra firme. Aos poucos eles desembarcam de seus navios da calunga grande com suas gargalhadas, abraços e apertos de mão.

As giras de Marinheiros são bem alegres e descontraídas. Eles são espíritos alegres e cordiais que gostam de imitar os marujos nos tombadilhos dos navios em dias de tempestade. Na verdade, são seus magnetismos aquáticos que lhes dão a impressão de que o solo está se movendo sob seus pés, o que os obriga a se locomoverem para a frente e para trás. Com palavras macias e diretas eles vão bem fundo na alma dos consulentes e em seus problemas, são sinceros e ligeiramente românticos, sentimentais e amigos. São verdadeiros curadores de alma e até das doenças físicas, afinal, devido às suas experiências em alto mar possuem muito conhecimento sobre a medicina popular.

Trazem uma mensagem de esperança e muita força, nos dizendo que se pode lutar …

Festa de Ibejada

-Uau...que lindo! Veja quanto balão colorido...E quantos amiguinhos tem aqui!!!
Os olhos da menina brilhavam ao entrar naquele ambiente onde fora conduzida durante o coma, por seu amigo protetor. Enquanto seu corpo inerte sobre o leito hospitalar, acoplado a vários aparelhos, mantinha uma vida quase artificial, em corpo espiritual foi retirada daquele ambiente triste, para que pudesse receber auxílio junto a um terreiro de Umbanda onde se realizava uma festa de Ibejada.
-Tio, quero aquele balão...me dá um pirulito? Posso tomar guaraná?
Milena, ali naquele local não aparentava mais a menina depressiva e triste que há vários dias adoecera e simplesmente desistiu de querer viver, por isso entrou em inanição, chegando ao coma. Cansada de maus tratos pela mãe adotiva e sem ter a quem se socorrer, resolveu que queria morrer quando ainda não tinha 6 anos de idade.
Agora Milena, entre as crianças encarnadas que se aglomeravam em meio aos Ibejis e todos aqueles doces e refrigerantes, sorria fel…

A Prática Umbandista

Nessa caminhada evolutiva, estamos em constante intercâmbio com o plano espiritual, de onde recebemos influências de entidades amigas que nos auxiliam, ou de desafetos que procuram nos prejudicar.
Todos os seres encarnados no planeta são suscetíveis a essas influências e a maioria das religiões tem conhecimento disso, tanto que sempre se acreditou em anjos da guarda, em gênios do bem e do mal, demônios e outras crenças similares.

Algumas pessoas, contudo, possuem uma maior capacidade de estabelecer contato com os irmãos desencarnados, através da faculdade mediúnica, que pode se manifestar através da visão, da audição, da intuição, ou da psicofonia, vulgarmente conhecida como incorporação.

Na Umbanda, trabalhadores espirituais organizados em legiões distintas utilizam-se da faculdade mediúnica para comunicarem-se diretamente com os irmãos encarnados, trazendo aconselhamento, afastando espíritos menos esclarecidos voltados para o mal, aplicando passes energéticos, fazendo limpeza fluídica…

Poema à Mãe Iemanjá

Imagem
O teu mar, fonte de poesias e de encanto, enaltece o espírito de quem sabe ouvir o cantarolar das suas ondas... Grande provedor de alimentos que nosso Pai Maior nos presenteou... Acolhe a todos nós como um grande útero universal, querida Mãe de todos nós... Aquela que alimenta, que ampara, que cuida, que ensina, que afaga... E que com a paciência de mãe, espera pelo crescimento espiritual de cada um...
Ajuda-me oh mãezinha, a compreender o fundamento maior do meu lugar no mundo, para que eu possa vencer as intempéries no caminho... Para que eu possa continuar rumo ao Pai, apesar das pedras que me jogam a fim de que eu estacione... Para que eu possa compreender e me fazer compreender pelos loucos e desvairados...
Mas acima de tudo, ajuda-me a vencer os meus próprios desafios... De ser um ser humano melhor a cada dia e apesar de tudo...
Ensina-me que se é mais feliz ao agradecer do que pedir...
E neste momento de prece, entendo a grandiosa oportunidade de estar no mundo para progredir, que as aleg…

Os Caboclos na Lição de Pai João

Imagem
“-Pois é, meu filho, mas como você veio em busca de conhecimento, Pai João gosta muito disso e aproveita para falar a respeito dessas e de outras coisas importantes. É preciso formar uma ideia mais ampla sobre a diversidade de espíritos que trabalham em nosso planeta. Examine, por exemplo, o caso dos caboclos. As entidades espirituais que se manifestam tanto em seus médiuns quanto no plano astral com a vestimenta de caboclo não foram obrigatoriamente índios ou selvagens em sua última encarnação. Muito pelo contrário.
Grande número dos espíritos que adotam a característica de caboclo tiveram seu caráter firme forjado em templos do passado, principalmente entre as civilizações incas e astecas, entre outras. Tal como ocorre com os pais-velhos, possuem íntima ligação com certas energias da natureza, tanto quanto com a cultura da qual procedem.


Em virtude desse fato, preferem estampar a imagem de um índio, de um sertanejo ou de um bandeirante em sua vestimenta espiritual, em sua aparência. D…

Para o Médium Refletir

Tenho muito dó de quem pensa que a Umbanda é um mar de rosas e que todos nossos problemas serão resolvidos a partir do momento em que colocarmos a roupa branca. Muito pelo contrário, a Umbanda, quando aceita de coração e incorporada à nossa vida, nos leva a ficar cara a cara com nossas deficiências e falhas, escancarando nossos sentimentos e apurando nossas verdades. Um verdadeiro vendaval de mudanças internas nos arrasta e transforma nosso intimo preparando-o para o bom exercício religioso tornando-nos pessoas melhores e mais centradas.

Deixa-nos mais fortes e tolerantes, mais sensíveis e piedosos, mas os problemas acumulados em nossa existência somente serão resolvidos com firmeza, determinação e o uso sapiente do livre arbítrio, inerente a todos os seres humanos, nunca pelos meandros ou facilidades de nossa religião, por mais que isso seja apregoado por uma imensa turba de aproveitadores da boa fé alheia.

O mau uso dos mistérios astrais, a exigência demasiada com nossos orixás e en…