Postagens

O Ingressar no Novo Terreiro

Imagem
Adaptação: “O ingressar no novo terreiro”

Um tema complexo, diria até melindroso de ser abordado, devido a certos pormenores que envolvem a questão. Um período que pode ser muito difícil para alguns médiuns, principalmente quando ele ficou muito tempo em uma determinada casa, a qual por ventura fechou ou o dirigente veio a falecer. Na realidade esse período complexo de adaptação acaba se tornando difícil justamente pela não aceitação, comparação que muitas vezes o médium começa a fazer do terreiro antigo com a nova casa religiosa, o novo terreiro que ele esteja ingressando.

Período em que o médium está ÓRFÃO e precisa de um NOVO LAR ESPIRITUAL.

Nunca é tarde para recomeçar.

*Primeiramente um dirigente não é e nunca será igual a outro, mesmo um dirigente que teve uma determinada raiz religiosa quando o mesmo abre seu próprio terreiro, seus guias chefes trazem com eles suas próprias doutrinas e diretrizes. Então comparações não devem ser feitas até mesmo por respeito a memória do diri…

Reflexões de Umbanda

Imagem
O pagamento mais comum ao médium de Umbanda e dirigente é uma moeda chamada ingratidão, por isso, é preciso essa consciência de quem está nesta batalha. Sim, uma batalha! Porque fazer a caridade é lutar contra muitos conceitos opostos e se manter firme e de pé para a próxima batalha!

A maior moeda é a ingratidão, mas a recompensa é a edificação! Um médium cresce como ser humano independentemente de sua situação financeira, social ou amorosa, ele se torna algo que estará com ele pela eternidade de sua alma, de seu espírito.

Quem não consegue compreender esse conceito não deve estar no caminho de auxiliar e sim no caminho de ser auxiliado, trabalhar rumo a caridade é para aqueles que têm disposição de progredir e progresso é labuta, progresso se trata de um processo árduo que precisa de força espiritual, mental e até mesmo física, ser médium é diferente de estar médium, ser médium é para quem tem força e expansão em seus horizontes relacionados a conceitos, estar médium é para aqueles…

Banho de Ervas

Imagem
Muitas pessoas têm duvidas sobre como preparar os banhos, se eles devem ser jogados na cabeça, que ervas podem ser utilizadas, se toda erva tem o mesmo efeito, e por aí vai. Vale lembrar que este é um assunto muito vasto e que cada caso é um caso, mas em geral podemos seguir algumas regrinhas e recomendações básicas. Vamos lá:
Os banhos de ervas são, de uma maneira geral, rituais onde utilizamos elementos da natureza com o intuito de que haja uma troca energética entre o indivíduo e esses elementos naturais utilizados. Os banhos de ervas servem principalmente para limpar as energias negativas, afastar influências negativas, reequilibrar, aumentar a capacidade receptiva do aparelho mediúnico e desobstrução dos chacras. Não somente os médiuns ativos na Umbanda devem tomar banhos de ervas, mas todos em geral podem e devem se beneficiar deste poder natural.

Os banhos de ervas secas devem ser preparados por infusão, ou seja, essas ervas devem ser colocadas em uma vasilha com água fervente…