Postagens

Umbanda Verdadeira

Imagem
Atualmente, a Umbanda está sendo amplamente difundida, seja através dos livros, dos meios de comunicação de massa, seja através de Terreiros comprometidos com o estudo, seja através das entidades espirituais que, incansavelmente, nos orientam com os seus sábios conselhos. Apesar de todo material disponível para se entender a Umbanda, ainda restam muitas dúvidas e muitos anseios para encontrar a "Umbanda verdadeira".
A Umbanda é amplamente difundida sim, como também são amplas as diferenças de teorias, ritos e doutrinas, este o motivo de tantas dúvidas que surgem quando o neófito faz a sua pesquisa aleatoriamente e na busca de uma única pergunta surgem várias respostas. Isto muitas vezes o faz desistir da religião, dá a impressão que a Umbanda não tem firmeza nem organização no que prega.
Retornamos a um tema imprescindível para ser explorado antes de todos: A diversidade da Umbanda. O fato é incontestável, a Umbanda não é codificada como na doutrina espírita, por exemplo. E…

O Orixá e o Silêncio

Cadê? Onde está? Rezo, oro, canto e louvo e nada.
Simplesmente nada, nem uma resposta, nem um auxílio.
Pra que a fé, se nada muda?

Pedi ao Orixá e nada aconteceu...
Faço tudo certo. Dou flores, comidas, velas e o meu clamor, mas parece que nada é suficiente para ele. Penso em desistir, em mudar de religião, ou então não crer em mais nada.

Mas aí, é nesse momento que Orixá me responde:

Do que adianta tantas velas acesas?
Se sua fé, já está apagada?

Do que adianta pedir, pedir, pedir...
E nunca agradecer ?

Do que adianta desistir da sua religião...
Pois sem fé, religião alguma lhe ajudará.

Filho, não esperamos que você nos compreenda...
Só esperamos que você confie!

Queres força? Lhe trarei oportunidade de você aprender a ser forte!
Queres emprego ? Lhe darei a oportunidade de você correr atrás e conquistar seus objetivos!
Querer amor? Lhe trarei a oportunidade de você aprender a amar a si e aos outros!

Viver para Orixá é ter um aprendizado constante todos os dias.

Viver para Orixá é aprender a viver …

Terreiro Perfeito?

Uma casa religiosa precisa, necessariamente, ser um local que proporciona paz, conforto, esperança; que inspire a busca incessante por felicidade, bem estar, alegria. Um local em que, ao pisarmos, sintamos o coração bater mais rápido, o braço arrepiar-se, a alma ficar mais leve.

Quando decidimos fazer parte de uma casa religiosa, o esperado é que encontremos um local que nos complete e que nos faça sentir bem. Se o local onde frequentamos nos proporciona outros tipos de emoções, especialmente se contrárias, então devemos repensar se estamos no local correto.

Encontraremos outros que também anseiam por esse sentimento de pertencimento e encontro do interno com o externo. Alguns virão, outros irão. Não sentiremos afinidade com todos e, às vezes, podemos mesmo sentir aversão por alguns.

Neste caso, o essencial é saber conviver com a diferença, respeitando os espaços de cada um e as funções assumidas. Podemos não gostar, por exemplo, de um determinado médium, mas precisamos saber diferenciá-…

Desabafo de uma Macumbeira

1. Eu sei que macumba é o nome de uma árvore da qual se faz um instrumento de percussão com o mesmo nome, e que por consequência, macumbeiro seria quem toca o instrumento “macumba”. Também sei que este é um termo amplamente usado pejorativamente para designar trabalhos decorrentes de religiões afro-brasileiras, ou os denominados “despachos”. Mas uso aqui o termo “macumbeira” de propósito, pra quebrarmos de vez esse preconceito tolo. Vou pra macumba, faço macumba, e isso não tem nada de mal. Não prejudico as pessoas, não amarro ninguém, sou a favor do amor e da felicidade. Talvez você, que use esse termo com a intenção de denegrir alguém, seja o tipo de pessoa que fere, machuca e maltrata os outros. Eu não sou.

2. Eu acredito num Deus único. Às vezes o chamo de Olorum, às vezes de Zambi, ou ainda de Pai Maior, de Criador Onipotente, de Nosso Pai. Às vezes o chamo simplesmente de Deus. Se você acha que o Deus da sua religião é diferente do da minha, quem acredita que existe mais de um De…

Dificuldade de Convivência no Terreiro

Seu compromisso é com os guias

A mediunidade é uma missão que foi firmada no astral antes mesmo de você encarnar, é um compromisso seu com a espiritualidade superior. Não é à toa que você nasceu médium, não foi para agradar ninguém e nem para receber a aprovação alheia.

O principal motivo hoje da saída das pessoas dos terreiros em que se encontram é problemas de relacionamento com outras pessoas, seja com o Pai de Santo ou alguém da hierarquia, seja com os irmãos da corrente.

Dentro da mesma casa, há filhos das mais diferentes convicções. Formam-se grupos de acordo com as afinidades de cada um, as chamadas infelizes “panelinhas". E lamentavelmente, um grupo rivaliza com o outro. Somado a isso, há muita vaidade, ego, ciúmes, fofocas, desejo de diferenciação dos outros.

E quando o médium encontra toda esta situação, desanima-se com o terreiro, e muitas vezes, com a Umbanda como um todo. Ele esquece que não está ali pelas pessoas, mas para cumprir seu compromisso com os guias.

A missão …

Trazer o seu Amor de Volta

Imagem
RITUAL INFALÍVEL

Hoje vou ensinar a você um ritual para trazer a pessoa amada de volta, uma das coisas mais pedidas para mim e para diversos Umbandistas, então finalmente vou disponibilizar isso para você.

Para fazer este ritual você vai precisar de:
1 Espelho1 Taça de Champanhe1 Maçã Com tudo em mãos vamos a prática do ritual:

Durante 7 dias da semana você vai realizar este procedimento ao acordar e ao dormir. Procure um espelho, pode ser do seu quarto, sala ou banheiro, fique de frente para ele, olha bem profundamente para você, repare em todos os detalhes de seu rosto, cabelo e corpo, faça isso por alguns instantes de maneira bem profunda e então diga: "Eu sou lindo(a), eu me amo, eu sou feito(a) de Luz, eu me amo". Pronto, neste momento você já está trazendo de volta a pessoa Amada, que não é nada mais e nada menos do que você mesmo.

Na Umbanda não existe esse papo de trazer outra pessoa de volta, isso é egoísmo e destrói a sua vida e da outra pessoa também. Você deve se am…

Mensagem de Pai João

Sem Exigências
Atentem para as mensagens que Deus está enviando para vocês, meus filhos. Em geral Deus nos fala sem palavras, e a sabedoria é transmitida sem a articulação da voz, mas somente com a experiência. Pai-velho já falou outras vezes do período de provas coletivas que a humanidade está enfrentando, e os agrupamentos religiosos, as casas espíritas serão ventiladas e visitadas com momentos graves, que representam este fogo renovador. Mas não esperem sair anjos forjados na fornalha da fé. Sairemos mais experientes após as lutas individuais e coletivas, só isso.

Não deem tanto valor e ouvido às intrigas, meus filhos; deixem de lado as fofocas e não valorizem tanto os conflitos desencadeados entre os irmãos. Vocês precisam confiar mais, ocupar mais o tempo de vocês com algo produtivo. Dar ouvido a conversas que não elevam, ou a intrigas, é como ficar parado no tempo, vendo a banda passar. E quando a banda do desequilíbrio passa, forma-se o bloco dos obsedados.

Vamos dar ouvidos a Je…

Mediunidade - Compromisso ou Missão?

A literatura espírita ensina que, quando o espírito, ainda na erraticidade – isto é, vivendo no mundo dos espíritos –, opta por assumir uma nova reencarnação, geralmente assim o faz visando um mais amplo resgate de suas dívidas, bem como um maior desenvolvimento emocional, moral e espiritual. Para tanto, pode dispor da assistência da Colônia espiritual à qual esteja vinculado, nessa passagem da erraticidade para o mundo material.

Mas, quando esse reencarna com a programação de ser “médium”, o amparo da Colônia espiritual pode ser ainda mais intensivo e extensivo, visto que seus amigos espirituais e mentores, na medida do possível, buscarão sempre inspirá-lo às atividades mais apropriadas, para que o desabrochar de sua mediunidade e o desenvolver de suas tarefas garantam o fiel cumprimento dos propósitos planejados inicialmente.

Entretanto, consciente desse fato, convém que o indivíduo médium não se considere credor de uma “proteção especial” ou investido de uma “missão extraordinária”, …