Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

A Ética e a Moral nos Cultos Afro-Brasileiros

Ao contrário do que muitos pensam, a ética e a moral são de importância substancial no pensamento e na vida dos africanos, que são baseadas nos costumes, em leis tradicionais, tabus e tradições de cada um dos povos da África. Deus é visto como o derradeiro sancionador e sustentador da moralidade. O relacionamento humano pelo parentesco e vizinhança é extremamente importante e a ética e moral tradicionais são construídas, largamente, através das relações humanas. 


Moralidade pode ser resumida, em Yorùbá, pela palavra Ìwà - caráter. Caráter é a essência da ética africana e sobre ele se estabelece a vida de uma pessoa. Deus exige que o homem seja puro eticamente. Deus é o buscador de corações, que a tudo vê e sabe e cujo julgamento é correto e inevitável. Deus julga os homens por seu comportamento aqui e agora, bem como no porvir. Dessa forma a paz na vida após a morte é decidida de acordo com a moral exercida, pelo ser humano, sobre a terra. Mau comportamento pode destruir o destino de u…

Decálogo para Médiuns

Imagem
Não afastar-se dos deveres e compromissos que abraçou na vida, reconhecendo que é impossível manter intercâmbio espiritual claro e constante com o Plano Superior, sem base na consciência tranquila.

Não descuidar-se do autodomínio, a fim de controlar as próprias faculdades.

Não ignorar que desenvolvimento mediúnico, antes de tudo significa educar-se o médium a si mesmo para ser mais útil.

Não desejar fazer tudo, mas fazer o que deve e possa no auxílio aos outros.

Não recusar críticas ou discussões e sim aceitá-las de boa vontade por testes de melhoria e aperfeiçoamento dos próprios recursos.

Não guardar ressentimentos.

Não fugir do estudo, nem da disciplina para discernir e agir com segurança.

Não relaxar a pontualidade, somente faltando às tarefas que lhe caibam por motivo de reconhecida necessidade.

Não olvidar pessoas nos benefícios que preste.

Não olvidar que o melhor médium para o mundo espiritual, em qualquer tempo e em qualquer circunstância, será sempre aquele que estiver resolvido a bu…

Características Gerais de Algumas Ervas

Para banhos e (ou) defumações com várias finalidades 

Arruda – Ótimo protetor astral, desagrega larvas astrais e energias enfermiças. Quebra as formações energéticas negativas resultantes de acúmulos de pensamentos negativos e de atuações do baixo astral.
Alecrim– Desagrega energias enfermiças, limpa e purifica o ambiente, criando uma “esfera” de proteção; boa contra obsessão; afasta a tristeza.
Alfazema – Ajuda a equilibrar nossas energias, limpa e purifica o ambiente trazendo a paz e harmonia.
Anis-estrelado – Atua melhorando nosso humor; desperta a intuição; torna o ambiente agradável e desagrega energias negativas.
Absinto – Losna – Em banhos,ela desagrega fluidos negativos. Na defumação, afasta influência negativa.
Alho (casca) – Desagrega as energias negativas de ordem sexual, protege contra influências negativas e purifica o ambiente.
Artemísia – Quebra as correntes de pensamentos negativos e traz proteção.
Bambu – Contra influências negativas.
Botões de flor de laranjeira – Para o amor…

O Uso dos Ponteiros nos Rituais de Umbanda

Imagem
Todos os tratados de magia fazem referência às pontas de aço como um dos meios mais eficazes de se desenvolver certas cargas ou aglomerações de larvas, maus fluídos e miasmas.

Os antigos iniciados usavam nas suas operações mágicas a espada e as pontas de aço, assim como atualmente se usa os ponteiros (punhal) nos trabalhos da Umbanda, pois a ação das pontas de aço, isto é, da espada e dos ponteiros em certos trabalhos de magia nada mais fazem do que faz um pára-raios em dias de trovoada.
Ponteiro é qualquer instrumento pontiagudo, de aço, punhal, espada ou pequena lança, utilizado em diversos rituais umbandistas. Em função do poder que tem o aço de captar as forças vivas da natureza, inclusive os fenômenos atmosféricos[1], o ponteiro representa a atração das forças espirituais, tal como um imã utilizado como força criadora de energia elétrica.
Quando fincado, ele firma a magia, ou seja, firma o ponto. Sendo o ponteiro imantado, capta as forças necessárias para o fechamento de um ponto…

Tratamento Espiritual a Distância da Tulca

Caros irmãos
Diante da grande procura em nosso e-mail de pedidos de ajuda espiritual, disponibilizamos agora em nosso Blog o TED TULCA - Tratamento Espiritual a Distância da Tenda de Umbanda Luz e Caridade.
Acesse informações no link: TED TULCA - clique aqui



Independência Umbandista

Imagem
O Umbandista, em verdade, pode e deve:
Estimular as boas obras, mas saber com que meios;
Ler de tudo, mas saber para que;
Andar em qualquer parte, mas saber para onde;
Cooperar no bem de todos, mas saber com quem convive;
Prosperar, mas saber de que modo;
Guardar a fé, mas saber porquê;
Agir quanto deseje, mas saber o que faz;
Falar o que queira, mas saber o que diz;
Lutar corajosamente, mas saber com que fim;
Elevar-se, mas saber como;
O Umbandista pensa livremente, mas precisa discernir.
Adaptação do Livro "Caminho Espírita" / Albino Teixeira - Chico Xavier

Todo Sonho é um Desdobramento?

Imagem
Desdobramento

Desdobramento é a projeção da consciência para fora do corpo físico, é uma capacidade inerente a todo ser humano. Ele se efetua durante o sono e durante o transe mediúnico, porém o sono é o principal mecanismo que desencadeia o desdobramento.

Há controvérsias na literatura sobre a seguinte questão: se todo sonho pode ser considerado um desdobramento. Diante dos nossos estudos e pesquisas chegamos a seguinte conclusão:

Para Freud, o sonho é a realização do desejo ou o encontro com os nossos traumas recalcados no inconsciente, daí os sonhos sem sentido aparente, que é a forma de burlar a censura do nosso superego aliviando tensões e renovando energias, o sonho seria o nosso arquivo mental o qual não temos acesso no estado de vigília, eis o inconsciente apresentado pelo pai da Psicanálise Sigmund Freud. Então, todo sonho é a representação do inconsciente.

Particularmente, temos formação em psicologia analítica e somos também estudiosa da Doutrina Espírita para percebermos, …

Saravá Iansã! Eparrê!

Imagem
Sagrada Mãe Iansã, eu não sei rezar, não sei fazer clamores e muito menos escrever direito, mas eu venho aqui, de coração falar com a senhora... venho pedir... pra variar... isso eu sei fazer minha mãe, pedir... venho falar, reclamar, questionar... sou displicente, sou humano, e sei fazer tudo isso.
Eu queria trazer flores para a senhora, mas escolhi plantá-las e convidá-la para que venha me ver cuidar delas enquanto meu canto é levado pelo vento.

Como um filho rebelde, resolvi sair do caminho só pra chamar a atenção, e quando a senhora me colocar de volta nele, eu possa senti-la me tocando, mesmo que seja pelo fio da sua sagrada espada.

Peço mãe dos meus caminhos, que seus raios iluminem as estradas à minha volta, para que eu tome as melhores direções.


Peço que quando o escuro tomar conta dos meus olhos, a senhora me guie pelo som do brandir de sua espada. E nas batalhas onde eu não enxergar meus opositores, seus ventos assoprem nos meus ouvidos o que preciso saber, e me coloque no lugar…