Conversa com Preto Velho - Tenda de Umbanda Luz e Caridade - Tulca
logo

Conversa com Preto Velho

Publicado em 30/03/2022

Conversa com Preto Velho


"A sua bênção Vozinho! Bom dia!


Receba aqui seu cafezinho! Vou lhe acompanhar tomando o meu.

Hummm, tá muito bom! Sei que o senhor não vai beber, mas se o gosto está bom, imagino que a energia esteja melhor ainda!

Sabe Vô, não posso te ver, mas eu sei que o senhor pode me ouvir, não quero lhe atrapalhar, sei que o trabalho está pesado e não quero tirar a vez de quem não tem um corpo material, com meus lamentos e dúvidas. Muitas almas recorrem a ti neste momento.

Eu só queria mesmo era agradecer. Agradecer por mesmo com todo esse caos no mundo, ainda poder encontrar o acalanto dos seus conselhos através da intuição.

Sei que quando durmo, a gente conversa bastante enquanto trabalhamos e é por isso, eu sei, que acordo com a força necessária para enfrentar um novo dia.

Sei também que, às vezes acordo e parece que nem dormi. Trabalhamos pesado!

O "vento" me sopra: "Reza e faz um banho de ervas!"

Eu obedeço e tudo melhora.

E assim vou levando os meus dias.

Quero lhe contar, eu sei, o senhor sabe...rs, que eu estou aprendendo muito com tudo isso.

Nenhuma viagem foi tão importante quanto esta que faço hoje, dentro de mim.

Aprendi a ficar contente quando não te sinto por perto, pois sei que é porque já posso dar pequenos passos sozinho e que se eu cair, o senhor correrá pra me amparar. Obrigado por confiar no meu crescimento.

Eu quero dizer, enquanto tomo esse cafezinho com o senhor, que eu vou ficar bem, e devo isso ao senhor e todos os meus bons amigos espirituais.

Dia desses me pediram um conselho e eu sofri, quase chorei pensando: "Como fazer, se estou sozinho?" Mas bastou surgir a vontade verdadeira de ajudar, o desejo de tratar aquela ferida aberta no peito do meu irmão, que eu pude sentir o senhor. E foi o melhor conselho que eu poderia ter dado. Também sei, não fui o autor. E por isso agradeço. Eu não poderia ter feito melhor.

Muitas coisas mudaram vozinho, muitas ainda mudarão, apenas uma continua igual: a fé que me sustenta depois de aprender que é no meu coração que Deus faz morada.

Quando o terreiro voltar, vamos ter muito trabalho e talvez nem dê tempo para tomar um cafezinho. A evolução é individual, mas é no coletivo que ela vai florescer! Tenho fé de que será melhor! Teremos mais irmãos conscientes de suas missões, procurando por um caminho de luz, luz essa, que eu encontrei no seu colo e poderei com toda certeza afirmar que é o caminho certo: o do amor. Ainda que, o que os levem a buscar um terreiro seja a dor.

E terei esses dias, como o de hoje, para me lembrar do cheiro e do gosto de uma lenta e boa prosa.

Agradeço por mais essa conversa

Um bom dia de trabalho e do Trabalhador, para o senhor também..."

Um arrepio responde:

"ㅡBom dia meu filho. Agradecido. Que Zambi abençoe."


E você? Já conversou com o seu Preto Velho hoje?

Jackelline Furuuti 




Nenhum comentário:

Postar um comentário