Erva Lavanda Alfazema - Tenda de Umbanda Luz e Caridade - Tulca .

11/08/2022

Erva Lavanda Alfazema

Erva Lavanda Alfazema


A lavanda também é conhecida como alfazema. As lavandas são em várias espécies biologicamente diferentes entre si. As alfazemas (Lavandula latifólia) são plantas do gênero Lavandula, da família Lamiaceae. 

Alfazema é uma espécie de lavanda. A diferença da Alfazema para as demais Lavandas é o odor. A Alfazema possui um odor um pouco mais forte do que as demais lavandas.

Com relação à aparência, elas são bastante parecidas entre si, uma vez que elas são caracterizadas principalmente pelas cores que variam entre os tons de azul, roxo, lilás e violeta.

A Lavandula sp, nome científico da lavanda, apresenta-se na cor roxa, a mais comum e famosa em todo o mundo. É uma espécie nativa das Canárias, África, Ásia, Europa, Índia, Mediterrâneo e Arábia.

Os maiores produtores de lavanda são a Bulgária, França, Grã-Bretanha, Austrália e Rússia.

A lavanda é uma planta que pode ser cultivada em jardins ou em vasos durante todo o ano.

Possui propriedades terapêuticas e é especialmente cultivada para a extração de seu óleo essencial, utilizado na perfumaria e em produtos de higiene.

BENEFÍCIOS DA LAVANDA

Seja através de chás, banhos ou massagens terapêuticas, os benefícios da lavanda compreendem:

  • Propriedade calmante: diminui ansiedade, a agitação, estabiliza o batimento cardíaco;
  • Propriedade analgésica: age no controle da febre, nos sintomas da enxaqueca;
  • Propriedade cicatrizante: age na cicatrização de aftas e no alívio de picadas de insetos;
  • Propriedade antidepressiva: age no combate aos sintomas da depressão
  • Propriedade relaxante: reduz a pressão arterial, melhora a qualidade do sono e diminui o estresse;
  • Propriedade antiespasmódica;
  • Repelente de insetos.

Além dessas propriedades, as flores são as partes mais utilizadas para dar aroma e sabor a diversas receitas, como saladas, molhos, geleias, sorvetes, vinagres e, até mesmo, vinhos.


COMO PLANTAR LAVANDA

  • SOLO: para o cultivo da lavanda, o solo deve ter boa drenagem, leve, rico em nutrientes e não ser ácido, com pH entre 6,5 e 7,5.
  • CLIMA: as temperaturas mais altas são as ideais para o desenvolvimento da lavanda, mas suporta baixas temperaturas;
  • ILUMINAÇÃO: a lavanda é uma espécie que aprecia bastante sol e bastante luminosidade;
  • REGA: no pegamento da planta a rega deve ser diária. Já na fase adulta, regue quando o solo aparentar seco. Nunca encharcar.
  • PODA: aceita poda para retirada de galhos secos e após a floração, para que a planta ganhe vitalidade e volte a florescer.

As flores da lavanda atraem uma grande quantidade de insetos polinizadores pela grande concentração de néctar.

Também muito utilizada na indústria de cosméticos, na fabricação de sabonetes, tônicos, óleos essenciais.

A lavanda tem crescimento relativamente lento, podendo atingir de 30 cm a 2 metros de altura. Embora floresça já no primeiro ano, a floração da lavanda é mais abundante a partir do segundo ano de cultivo.

USO RITUAL DA LAVANDA ALFAZEMA:

Em forma de banhos ou defumadores, a Lavanda ou Alfazema são ervas mornas e propiciadoras de bem-estar, ajudam a promover a calma, a tranquilidade, o bem-estar emocional. Principalmente no que se refere à harmonia familiar. Erva que vibra na irradiação da Orixá Iemanjá.

Ednay Melo




Nenhum comentário