Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Mediunidade Consciente x Inconsciente

Imagem
Os atabaques retumbam no ambiente, trazendo vibração ao corpo de todos que ali estão. As entidades no plano astral se aproximam e vão criando laços energéticos entre seus corpos astrais e o duplo etérico do médium.
O brado anuncia a chegada do guia-chefe da casa espiritual, enquanto os outros médiuns esperam a permissão para cederem ao transe mediúnico. Em um canto do terreiro um médium sente todas essas sensações pela primeira vez, e um impulso em ajoelhar-se, bradar e mexer as mãos. Eis que se manifesta seu guia espiritual, trazendo o neófito a uma nova realidade. O médium novato está assustado, pois achava que após o transe da incorporação ele perderia a consciência e entraria em uma espécie de sono, mas ali está ele, presente, ouvindo tudo, vendo tudo, sentindo tudo. E nesse momento a insegurança o acomete e ele pergunta: “Sou eu ou o guia? Quando eu serei inconsciente?”.
Então a resposta para essas perguntas são: São os dois e NUNCA!
Os médiuns inconscientes clamam por presencia…

Ser Gentil

Imagem
Os procedimentos se faziam apressados para o embarque dos passageiros na aeronave.
A preocupação para não haver atraso, o tempo exíguo, exigia um tanto mais.
O bom andamento na entrada do avião, para que todos logo se acomodassem, preocupava a tripulação.
Nesse afã de logo completar a tarefa e seguir viagem, se empenhavam os comissários de bordo.
Estando acomodados um certo número de pessoas, adentrou o avião uma jovem.
De compleição física robusta, alta, embora de aparência saudável, denotava em seu semblante que algo não estava bem.
Vinha seguida pela mãe, idosa, miúda na sua constituição, que a encorajava a seguir em frente.
Os passos se faziam titubeantes. As mãos, suarentas, apoiavam-se lentamente, poltrona a poltrona, como a querer agarrar-se, fincar-se ao solo.
Parecia tomada de pavor, como se algo fosse lhe acontecer.
A mãe, bem próxima, a incentivava a dar os próximos passos a fim de chegar nas poltronas que lhes cabiam.
Porém, a jovem não venceu mais do que três ou quatro f…

Prece à Iansã

Imagem
"Saravá Iansã a grande guerreira, Orixá do raio e do vento, que ajuda com sua energia a vencer as lutas e as dificuldades. Saravá Senhora Rainha dos ventos proteja todos nós. Oyá Deusa do rio Niger, senhora dos ventos e das tempestades. Coloco em tuas mãos minhas ações na luz de tua luz, eu te consagro todos os minutos e horas desse dia, meus trabalhos, minhas preocupações, meus desejos, os meus laseres são teus. Dai-me hoje a tua luz poderosa para que eu compreenda todo bem que preciso fazer e tenha força para não ceder ao mal que tenta bater em minha porta, que eu consiga ser mais fraterno, mais irmão, mais compreensivo e capaz de perdoar. Dirija meus passos no caminho do bem e do amor, e hoje mais que ontem todos nós possamos contar com sua orientação, com a tua benção, com o teu amor. Com tua espada haveremos de cortar as demandas dos invejosos, dos falsos, dos inimigos, dos olhos grandes, que necessitam de enxergar a verdade. Dando conformação aqueles que sofrem, com a forç…

Parentes Difíceis

Imagem
Aceite os parentes difíceis na base da generosidade  e da compreensão, na certeza de que as  Leis de Deus não nos enlaçam uns com os outros  sem causa justa. O parente – problema é sempre um teste com que  se nos examina a evolução espiritual. Muitas vezes a criatura complicada que se nos  agrega á família, traz consigo as marcas de  sofrimento ou deficiência que lhe foram impostas  por nós mesmos em passadas reencarnações. Não exija dos familiares diferentes de você um  comportamento igual ao seu, porquanto cada  um de nós se caracteriza pelas vantagens ou  prejuízos que acumulamos na própria alma. Não tente se descartar dos parentes difíceis  com internações desnecessárias em casas de  repouso, á custa de dinheiro, quando você  houver alcançado a quitação dos próprios  débitos ante a Vida Maior. Nas provações e conflitos do lar terrestre,  quase sempre, estamos pagando pelo sistema de  prestações, certas dívidas contraídas por atacado.
André Luiz



Acompanhe o nosso Blog por e-mail

Se você prefere acompanhar o nosso Blog por e-mail, agora disponibilizamos uma caixa para inscrição de e-mail.
Role a página para baixo e, no final da lateral direita, você vai encontrar a caixa com o título: "Acompanhe o nosso Blog por e-mail" e faça a sua inscrição.
Obrigado pela sugestão dos nossos leitores, pelos quais trabalhamos sempre para corresponder suas expectativas.

Blog Tulca



Comprometimento Mediúnico

Imagem
A tarefa mediúnica deve ser prioridade, se não dificilmente será realizado um bom trabalho para o médium e para os outros. Não basta ter o fenômeno da incorporação e deixar que a Entidade faça tudo. Existe uma parceria entre médium e guia. O médium tem responsabilidades e não depende só da Entidade. (Velas, banhos, firmezas, orações) se você não assumir um compromisso com a espiritualidade o trabalho espiritual fica para segundo plano. Então é melhor voltar para a assistência. Porque sem o seu comprometimento, a cobrança vai cair para o Dirigente e a responsabilidade dele é enorme. Para que as Entidades ajudem é preciso oferecer uma base. Mas muitos ficam na expectativa que “eles vão resolver tudo” e não procuram a renovação. Chico Xavier dizia: as escolas estão presentes em nossa vida assim como a água nutre o nosso corpo. O conhecimento traz uma nova expectativa de vida. Sem conhecimento não podemos tirar conclusões precipitadas. Oxosse atua no conhecimento. Algumas pessoas não sab…

Isso é Umbanda

Imagem
Imagine um abraço fraterno em 360 graus: isso é Umbanda.
Imagine uma vela acesa com fé gerando mais energia que uma usina nuclear: isso é Umbanda.
Imagine Divindades, Anjos, Santos, Sábios, Magos, Gênios, Sacerdotes, Xamãs, Babalaôs, Pajês, Iniciados, Cientistas, Curadores, trabalhadores da Caridade de todas as épocas e culturas voltando à Terra para restaurar a Paz e Lei Maior: isso é Umbanda.
Imagine a última peça que falta no milenar “quebra-cabeça” que compõem a sua Alma: isso é Umbanda.
Imagine traumas, neuroses, fobias, vírus e bactérias físicas e astrais sendo dissolvidos na baforada de um cachimbo: isso é Umbanda.
Imagine a Pemba traçando e reproduzindo os Códigos Sagrados da Criação: isso é Umbanda.
Imagine o padê de Exu promovendo a harmonia entre Luz e Trevas: isso é Umbanda.
Imagine o médium descalço vestido de branco iluminando-se por dentro: isso é Umbanda.
Imagine o consulente confortado e esclarecido subindo mais um degrau evolutivo: isso é Umbanda.
Imagine o Homem se…

Por que te Queixas?

Imagem
Tuas mãos calejadas testemunham os anos e anos de lutas e decepções! Não te desesperes, contudo! Olha ali à frente: Milhares e milhares de irmãos nossos que não têm um teto para o merecido repouso... E, um pouco mais adiante, crianças em tenra idade, catando restos de comida nos lixões da cidade! Nestas horas de tristeza e dor, lembra-te do querido mestre Jesus que, deixando as fulgurações estelares, veio à Terra para exemplificar o amor e a humildade. E Ele, caro amigo, sequer tinha uma pedra onde encostar a cabeça!
Cornelius
***
196 - Como encaram os guias espirituais as nossas queixas?
Muitas são consideradas verdadeiras preces dignas de toda a carinhosa atenção dos amigos desencarnados. A maioria, porém, não passa de lamentação estéril, a que o homem se acostumou como um vício qualquer, porque, se tendes nas mãos o remédio eficaz com o Evangelho de Jesus e com os consoladores esclarecimentos da doutrina dos Espíritos, a repetição de certas queixas traduz má vontade na aplicação l…

A Origem das Imagens de Iemanjá

Imagem
A ORIGEM DAS IMAGENS DE YEMANJÁ
Você sabe a origem das imagens de Yemanjá (branca) que povoam o imaginários dos umbandistas brasileiros?
Esta matéria faz parte do livro "História da Umbanda no Brasil - Volume 3" (Diamantino Fernandes Trindade) que se encontra em fase final de produção.

DALLA PAES LEME E O FAMOSO QUADRO DE YEMANJÁ
Diamantino Fernandes Trindade
De acordo com o escritor José Beniste esta imagem de Yemanjá usada pela Umbanda, da mulher pairando sobre as ondas, foi criada na década de 50 como uma forma da Dra. Dalla Paes Leme ser homenageada pelo marido. Ela era magra e tinha traços indígenas, por isso o quadro que foi pintado a óleo, era de uma mulher morena de cabelos longos e negros. Este quadro percorria casas e terreiros, dentre os quais o de Benjamin Figueiredo, da Tenda do Caboclo Mirim e a casa de Alziro Zarur que na época era ligado ao espiritismo. Este mesmo quadro foi que deu inicio às giras de fim de ano promovidas pela Umbanda nas praias cariocas e …

Salve Ogum!

Imagem

O que mais nos fere...

Imagem
Os feridos pela língua, desde o princípio do mundo, têm número milhões de vezes maior do que os feridos de guerras. Não há coisa mais terrível do que a  maledicência, a calúnia, a infâmia. Mesmo que quem dela é vítima tiver o espírito  tão superior que não se enlameie com ela;  mesmo que ela consiga perdoar aos seus  algozes, ela fere e compromete. As sujeiras do corpo, as imundícies do exterior, essas a água lava e faz desaparecerem. Mas, a infâmia, que atinge a honra, cai dentro  da alma, essa, só a força da justiça divina consegue apagar.
Veja como você se irrita quando alguém lhe  dirige a palavra em tom áspero e em voz alta. Há uma espécie de comoção quase irresistível  em seu espírito, repelindo a grosseria de quem  assim procede em relação à sua pessoa. A mesma reação têm que sentir aqueles aos  quais você também se dirige asperamente  e falando em voz alta. È difícil suportar, sem reagir, tal procedimento. O tom áspero  e a voz gritante agridem naturalmente  ao corpo e ao esp…

Situação do Espírito Desencarnado

Imagem
O transe da morte é sempre um estado de crise para qualquer indivíduo, variando conforme o adiantamento moral de cada um. Daí a passagem do estado da matéria para a vida espiritual acarretar uma espécie de perturbação mais ou menos longa, até que se quebrem todos os elos entre o Espírito e sua organização física.
Essa crise é um fenômeno natural. Pensemos na hipótese de alguém ter de mudar, abruptamente, do Nordeste brasileiro para um país europeu ou vice versa. A mudança repentina implicaria um distúrbio tal no indivíduo, que este levaria algum tempo para se descondicionar do ambiente anterior e se adaptar às novas e diferentes condições de vida. Que diremos, então, da morte em que o fenômeno de desagregação do corpo processa uma modificação muito mais violenta? Além disso, vários fatores intervêm na situação do desencarnado logo após a morte: a idade em que ocorreu a desencarnação (jovem ou idoso?), o tipo de morte (natural ou violenta? ), se era apegado ou desprendido dos bens mat…

Desapego – Pai João de Aruanda

Imagem
Somos como as folhas de uma grande árvore. Quando o vento passa, nos leva para onde a força da vida indicar.
Todos são espíritos. 
Todos são imortais. 
Nós não temos cor, não temos raça nem bandeira que limite nossa ação.
Ás vezes é preciso que o vento nos leve até determinado lugar para ai desempenharmos uma tarefa. A gente se esconde num corpo quente, num coração amoroso e então renasce vestido de carne, com roupa branca ou preto, ou amarelo, bonita ou feia. Quando chega a hora e o vento sobra, partimos deixamos a roupa usada e rumamos para onde a vida no conduzir, para viver outra experiência. Por isso é que devemos nos desapegar das coisas do mundo, mesmo daquelas que são boas. Estamos de passagem. Somos todos peregrinos, romeiros da vida.
Em nossa viagem pelo mundo só possuimos, na verdade, aquilo que doamos, que oferecemos á vida: o amor, as virtudes, o bom caráter. As outras coisas são muletas que usamos para ajudar na caminhada, assim que aprendemos a andar direito, com a cab…

O Jardineiro da Vida – Pai João de Aruanda

Imagem
Um dia eu ouvi uma história na senzala. Era mais ou menos assim: 
“Um jardineiro saiu plantando flores para embelezar a paisagem triste de um lugar no mundo. Como o chão era muito fértil, as sementes e as mudas foram caindo e brotando, formando um jardim vistoso e bonito. Mas era de uma beleza simples, diferente. Junto com as flores nasciam outras ervas, outras plantas que o jardineiro não havia semeado. O jardineiro observava com cuidado, pois havia decidido não arrancar as ervas. Ele iria esperar até o tempo certo e então resolveu adubar e fortalecer as flores. Elas, que já eram tão bonitas, ficaram mais vistosas e se elevaram acima das outras ervas, que foram sufocadas pela simplicidade e pela beleza das margaridas, das hortênsias, dos cravos e dos jasmins. Tudo florido e bem cuidado, não havia lugar para o mato, que aos poucos foi desaparecendo diante de tanta coisa bela e boa.”
Pense nessa história simples e analise a sua vida, suas atitudes. De cada planta utilizada na fitotera…

Presente nos Terreiros Fazendo a Caridade Desinteressada

Imagem
Hoje, pipocam aqui e ali tantos cursos pagos de sacerdócio, chegando mesmo a serem mais importantes que a própria mediunidade do interessado, dependendo do nome famoso do sacerdote que os ministra. Há ainda os que afirmam que não é preciso ter mediunidade para ser sacerdote, o que é inconcebível na Umbanda. Mas, diante de tanta iniciação, mestres, magos, pais, mães, escolas, cursos, títulos, diplomas e honrarias, como fica a mediunidade e os milhares de médiuns que não foram iniciados por ninguém, não fizeram nenhum curso e estão anonimamente à frente de seus terreiros, fazendo a caridade há anos?
Pensemos profundamente na sabedoria desse fato inconteste.
Obviamente, ser sacerdote independe de ser reconhecido como tal. Lembremos do médium Zélio Fernandino de Moraes, que aos dezessete anos manifestou o Caboclo das Sete Encruzilhadas e anunciou uma religião no dia seguinte. Se fosse nos dias de hoje, infelizmente iriam fazer cara feia e perguntar quem foi seu pai e sua mãe no santo e o…

Homenagem Tulca ao Orixá Ogum!

Imagem
Gira festiva em homenagem a Pai Ogum, Orixá da Lei e da abertura de caminhos, que nos abençoa a cada instante da nossa fé, nos dando força e coragem para lutar e vencer todos os desafios, principalmente aqueles que estão dentro de nós em uma luta constante entre o Bem e o mal que  delineiam as nossas qualidades e imperfeições. Obrigado por mais um ano de trabalho na Umbanda, dando a firmeza, força e proteção constante a nossa Tenda! Sejais por nós, meu Pai, hoje e sempre. Salve o seu dia, 23 de abril, salve o seu mês de vibração maior da tua luz e da tua força!
Saravá Ogum! Oooooooooooogunhê!
Família Tulca em 18/04/2015




Cuidados com a Manipulação de Energias

Imagem
Todo umbandista esclarecido sabe que não existe magia, no sentido estrito da palavra. O que se convencionou chamar “magia” é, na verdade, a manipulação de energias sutis, retiradas de elementos materiais e somadas à energia da vontade daquele que realiza o “ato mágico”.
De um modo geral, as entidades que militam na Corrente Astral de Umbanda são exímias manipuladoras, desses elementos e, por conseguinte, especialistas na ciência astral que conhecemos como magia.
Essas entidades conhecem as propriedades de velas, tabaco, água, álcool (manipulado sob a forma de bebidas), ervas, flores, cristais, além de símbolos e ícones, como roupas e fotografias de pessoas que são pedidas para a realização de trabalhos visando a efetuar curas ou descarregos, ou defesa espiritual de consulentes que não podem, ou não querem ir aos trabalhos.
O conhecimento das propriedades, aliado ao de como fazer, torna os trabalhos realizados em verdadeiras bênçãos para aqueles a quem esses trabalhos são dirigidos, t…

O Passe

Imagem
Que são fluidos? Os fluidos são o veículo do pensamento dos Espíritos, tanto encarnados quanto desencarnados. Todos estamos mergulhados no fluido cósmico universal, substância básica da Criação, que varia da imponderabilidade até a ponderabilidade. Os fluidos espirituais estão impregnados dos pensamentos dos Espíritos, portanto varia de qualidade ao infinito. A atmosfera fluídica é formada pela qualidade dos pensamentos nela predominantes.
O que é o Passe? É a transferência de fluidos de uma pessoa a outra, através da prece e imposição de mãos, procedimento largamente usado nos centros espíritas. As energias são oriundas dos fluidos humanos (do passista) e fluidos espirituais (dos Espíritos que trabalham com a equipe de médiuns). Existem três tipos de magnetismo: o humano, o espiritual e o misto. O tipo de magnetismo utilizado nas casas espíritas é o misto, pois à ação dos encarnados soma-se a ajuda benéfica dos Espíritos que trabalham na área, qualificando, direcionando e potencializa…

A Rosa no Peito

Imagem
A Rosa no Peito - Mensagem da Senhora Pombagira Maria Rosa Caveira
Todo mundo quer ter um amor na vida. O amor da família, o amor dos amigos, o amor de alguém especial. Um bom trabalho também é amor, é o amor refletido na profissão. Uma boa moradia também é amor, é o reflexo do amor no lar. Há muitas formas de amor e todas são boas, todo mundo quer ter isso.
Mas o amor não é espelho. O amor não acontece de igual para igual, não impõe condições. O amor só acontece, e pronto!...
O que eu quero dizer? Quero dizer que o amor envolve aceitação.
Para amar alguém ou alguma coisa, é preciso haver aceitação. Compreender que as pessoas e as coisas nem sempre virão exatamente como a gente queria. O amado nem sempre terá o mesmo gosto que a gente, o mesmo temperamento, a mesma disposição, o mesmo ritmo pra fazer as coisas, o mesmo olhar para a vida.
E as coisas que acontecem, as oportunidades e situações que surgem em nossa vida também nem sempre virão daquele jeitinho que imaginamos. Mas aí é qu…

Para Melhor Conhecer as Pessoas

Imagem
A primeira condição para conseguirmos conhecer melhor as pessoas diz respeito a tratarmos de evitar o erro usual de buscarmos avaliá-las tomando por base a nós mesmos. Ou seja, um erro grave é o de pensar assim: “eu no lugar dela faria isso ou aquilo”; a verdade é que eu não sou ela e a forma de ser e de pensar não acompanha obrigatoriamente a nossa. Temos de nos afastar da nossa maneira de pensar e tentar, com objetividade, entender como funciona o psiquismo de quem queremos conhecer.
Um aspecto importante para quem quer efetivamente conhecer o outro consiste em prestar bastante atenção em seus atos, gestos, expressões corporais e faciais. Podemos saber muito de uma pessoa pela forma como se move dentro de casa, como pega o jornal, se ela serve ou não as pessoas que estão à sua volta, pelo sorriso, pela facilidade com que se irrita, como reage quando está com raiva e assim por diante. Esses traços são particularmente relevantes quando o observado está distraído, sem intenção de impr…