Oxum - Tenda de Umbanda Luz e Caridade - Tulca

11/07/2012

Oxum

Oxum

 

Dia da semana: sexta-feira – dia do Astro Vênus.

Data comemorativa: 16 de julho

Sincretismo: Nossa Senhora do Carmo, em Pernambuco.

Cor: azul royal

Ervas: erva cidreira, botão de ouro, manjericão branco e outras.

Frutas: banana, melão, uvas verdes e outras.

Flores: rosas cor de rosa e todas as flores cor de rosa, brancas e azuis.

Reino Natural: Rios e Cachoeiras

Elemento: água

Pedras: quartzo azul, sodalita, quartzo rosa.

Símbolo: leque, espelho, coração.

Saudação: Orayeyêo! – Significa: Salve benevolente mãezinha!

Astro: Vênus

Deuses na mitologia greco-romana: Vênus: Deusa romana do amor e da beleza. Afrodite para os gregos.

 

Oxum está intimamente relacionada aos sentimentos e aos afetos, ao amor em essência e em formas. É associada à maternidade, protegendo o momento da gestação. Orixá símbolo perfeito do amor na compreensão humana. Auxilia no equilíbrio emocional e nas questões da mediunidade. Representada pelas águas doces, é conhecida como a Senhora dos Rios e Cachoeiras e, desta forma, a sua cor é azul na Doutrina da Tenda de Umbanda Luz e Caridade, cor que melhor representa as águas. Os filhos da Oxum geralmente são calmos, amorosos, delicados, meigos, maternais, sensíveis, emotivos, místicos e admiradores da beleza e das artes, são também vaidosos com a aparência pessoal. Quando os filhos seguem o lado oposto da Orixá tornam-se agressivos, vingativos, ciumentos e intransigentes.

Do livro Umbanda Luz e Caridade - Ednay Melo

Nenhum comentário

Compartilhamento redes sociais