Valores que Ogum nos Ensina - Tenda de Umbanda Luz e Caridade - Tulca .

13/02/2022

Valores que Ogum nos Ensina

Valores que Ogum nos Ensina


1) A coragem. Coragem para lidar com todas as atribuições que a vida nos apresenta. Coragem para romper com todos os nossos medos. Coragem para correr atrás daquilo que toca o nosso coração, buscar, verdadeiramente os nossos sonhos. Coragem para permitir que a espiritualidade nos transforme no nosso Eu superior. Coragem para dizer não aquilo que nos faz mal e nos oprime. Coragem para se entregar ao Pai Maior.

2) A força. Força que habita o nosso ser e vibra em nossa essência. Força que capacita a modificar, com nossas próprias mãos, tudo aquilo que nos desagrada. Força para assumir aquilo que é correto e justo, apesar de todas as consequências. Força para vencer o desânimo, o cansaço e toda angústia. Força que nos impulsiona a proteger aqueles que amamos.

3) A perseverança. Ogum nos mostra que aqueles que não desistem encontram o bom êxito em seus caminhos. Ensina-nos que os desafios sempre aparecem, mas nem por isto devemos nos desviar dos nossos objetivos. Que o esforço e a vontade bem direcionada é recompensada. Que aquele que planta sementes positivas inevitavelmente colherá bons frutos. Que quando tudo parecer bloquear nossa caminhada, devemos criar uma saída onde parece haver somente limites.

4) A determinação. De peito aberto e disposição no coração, direcionarmos nossas energias para construirmos a vida que desejamos. A não desistirmos na primeira dificuldade, mas darmos o melhor de nós a cada momento. Que Deus nos capacitou com as ferramentas necessárias para transformar nossa realidade. Que antes da vitória é preciso lutarmos por aquilo que aspiramos. Ogum nos ensina a enfrentarmos, diariamente, tudo aquilo que atrasa nosso crescimento material, moral e espiritual.

5) A boa vontade. Ogum é pioneiro, ele veste sua armadura, empunha sua espada, monta em seu cavalo e vai para a linha de frente. Não espera pedir, não aguarda o mal acontecer. Ele nos ensina a ir e fazer. A sermos o primeiro a se voluntariar a realizar o que é bom e correto. Cumprir nossa missão e nossos deveres. Sua vibração traz o ânimo para a ação. Silenciar as desculpas e justificativas, apenas executar aquilo que nos propomos a vivenciar.

6) O autodomínio. Este Orixá mostra-nos o caminho para nos tornarmos trabalhadores do Cristo. Com disciplina, fé e vontade firme. Permite-nos vencer nossas imperfeições e, dessa maneira, alinharmos nossa alma à Espiritualidade Superior. Todo orgulho, ego, arrogância, perversidade deve ser enfrentado. Porém, não o mal que observamos nos outros, isto é muito fácil, mas aquele que habita o nosso ser. Nossas emoções, hábitos e pensamentos devem ser trabalhados não para nos derrubarem, mas sim para tornarem-se nossos aliados, conduzindo-nos a caminhos virtuosos.

7) A vitória. A maior batalha é conosco mesmo e o verdadeiro guerreiro, da qual Pai Ogum é o modelo, é aquele que venceu esta contenda. Mais do que nos auxiliar na realização de nossos fúteis desejos materiais, Ogum abre os caminhos para a luz, a evolução espiritual, o encontro com Deus. Habitamos temporariamente nossos corpos físicos para passarmos pelas experiências necessárias ao nosso desenvolvimento. Reconhecer este processo e permitir que o amadurecimento interno aconteça, é, mais do que qualquer outro fato, ser vitorioso na vida.

Autor desconhecido


Nenhum comentário