As Falsas Casas de Umbanda - Tenda de Umbanda Luz e Caridade - Tulca .

15/05/2022

As Falsas Casas de Umbanda

As Falsas Casas de Umbanda

Todos já sabem ou ouviram falar que a Umbanda é diversa, e isto é muito bom, porque a diversidade dentro de um padrão universal que é a Umbanda, se adequa às necessidades e capacidades de entendimento de cada comunidade. Nos referimos às Casas de Umbanda que de fato foram abertas por outorga espiritual.


O problema surge quando índios que se julgam caciques tomam a iniciativa, por si só ou com apoio de um grupo, de abrir uma casa. Essas pessoas geralmente passaram por uma corrente mediúnica em algum Terreiro, aprenderam o básico, causaram problemas na casa que os acolheram, saíram sem dar satisfação, com mentiras e sem respeito ao próprio compromisso assumido perante sua Coroa Espiritual e a Coroa Espiritual do seu Sacerdote. 


Essas pessoas abrem casas se dizendo de Umbanda, se escondendo atrás do nome de Guias Espirituais e do nome da Caridade para ser aceito e para angariar adeptos. Dizem também que não encontram casa que preste, que todas são insuficientes para acolhe-los e que por este motivo estão abrindo casa. Toda desculpa é válida para sobressair seu ego sempre frustrado.


Se observar a história de vida dessas pessoas geralmente é uma só: pessoas que nunca conseguiram permanecer em nenhuma Religião e em nenhuma Casa de Umbanda porque não sabem obedecer regras, não respeitam a hierarquia, são melindrosas porque setem-se inferiorizadas com o progresso de quem está ao seu lado. Geralmente tem a língua muito solta e é capaz de falar mal de quem um dia lhe estendeu a mão. Seu discurso traz sempre o verniz da Caridade e do nome dos Guias de Umbanda, porque o animismo é muito forte nestas pessoas, justamente porque não têm amparo espiritual de fato.


Quando se quer dar o pulo maior do que a perna perde-se a oportunidade do acolhimento e ensinamentos espirituais que é dado ao longo do tempo, obedecendo fases, dentro de um terreiro já consagrado e fundamentado nas Leis de Umbanda. 


E o resultado são o surgimento de "casas de umbanda" desorganizadas, confusas, porque não têm o pulso firme de um verdadeiro Sacerdote. Daí as sombras assumem o controle, e o que é pior, usando o nome dos Guias de Umbanda, usando o nome da Caridade e usando a inocência e falta de conhecimento das pessoas, para fazer vítimas cada vez mais.


Felizmente, essas falsas casas de umbanda não permanecem por muito tempo, porque os seus integrantes confusos sempre brigam entre si, porque para eles o que vale é o próprio ego e os kiumbas adoram este tipo de ambiente. 


Mas os verdadeiros Guias de Umbanda estão atentos e os verdadeiros Exus de prontidão. Tudo acontece com um propósito nas Leis Divinas e o aprendizado acontece pelo amor ou pela dor. Somos todos aprendizes, porém a espiritualidade escolhe a dedo os aprendizes prontos para ensinar.


Como se proteger dos falsos umbandistas? Orai e vigiai. E principalmente, busque conhecimentos através do estudo sistematizado da umbanda, oferecido por quem tem verdadeira outorga espiritual.


Fiquemos atentos. 


Mãe Ednay



2 comentários