Necessidades do Médium na Incorporação - Tenda de Umbanda Luz e Caridade - Tulca

15/05/2024

Necessidades do Médium na Incorporação

Médium espirrando


REFLEXOS E INCORPORAÇÃO

Movimentos instintivos e reflexos durante a incorporação são comuns, todos os reflexos do médium, o processo do corpo são comuns, por exemplo, uma tosse, um espirro, assim como os batimentos do coração e a respiração.

As reações do corpo não interfere na incorporação, o fato de um médium estar incorporado e tossir, ou espirrar, não quer dizer que ele não esteja incorporado.

Portanto meu irmãos, não vamos julgar ou criticar aqueles médiuns que quando incorporados, tossem, espirram ou limpam o suor do rosto, isso é um processo comum de nós seres humanos e o fato de estarmos com uma entidade manifestada não quer dizer que nosso processo seja paralisado e tudo que faz parte do nosso momento (uma gripe, um resfriado) vai sumir enquanto estivermos incorporados, isso não é motivo de saírem falando que ali não tem entidade nenhuma.

A.D.

***

PODE O MÉDIUM INCORPORADO TOSSIR E ESPIRRAR?

Mas é claro que sim! Se o médium espirra ou tosse, é porque o corpo dele precisa desses atos para manter o seu bem estar. Alguns podem pensar “que pergunta mais boba! Que resposta mais óbvia!”, porém, ainda observamos muitos resquícios da necessidade de comprovar a veracidade da incorporação.

Para muitos, o médium não pode tossir, espirrar, sentir dor, ter vontade de ir no banheiro, cair, sentir fome, sede, cansaço. Ele é quase uma máquina, ou um super-homem, e a entidade ali presente supostamente anularia todas essas sensações físicas.

Porém, a realidade é bem diferente. O médium é humano como todos nós, vulnerável e portador de um corpo físico com todas as suas fraquezas. E a entidade não precisa provar que está presente, não necessita realizar nenhum feito antinatural. Ela vem, antes de tudo, para nos aconselhar, auxiliar, trazer força e sabedoria para nosso dia-a-dia.

Não espere que o guia realize um ato sobrenatural. É respeitando as leis da natureza que ele firmou sua sabedoria. Embora fenômenos inexplicáveis ainda acontecem, eles ocorrem quando a própria espiritualidade assim o deseja. Tudo tem um bom propósito, as entidades não fazem nada apenas para satisfazer nosso ego e vaidade. Portanto, vamos ter mais lucidez em nossas manifestações mediúnicas.

Diego Paiva Pimentel



Nenhum comentário