Pular para o conteúdo principal

Destaques

A Cabana de Pai Inácio

A Cabana de Pai Inácio
A Cabana de Pai Inácio é a continuação da obra A História de Pai Inácio só que desta vez este querido preto-velho conta com a narração de Mãe Joana, personagem também presente na primeira obra. Para quem não leu ou não se recorda, estes dois espíritos foram convidados a trabalhar na implantação da Umbanda no Brasil.

Na presente obra, Pai Inácio e Mãe Joana vão nos contar como estruturaram um templo de Umbanda nos primórdios da religião. Para tanto, Pai Inácio contou com a mediunidade de Magali e de seu esposo Alcides, que foram os encarnados escolhidos para coordenar o projeto. Alcides já possuía um terreiro, mas não trabalhava na Umbanda e - devido a sua vaidade - chegou a se envolver em sério processo obsessivo que foi resolvido com a ajuda de Pai Inácio e de seus amigos guardiões. Desta vez, Magali seria a chefe do projeto e a médium de Pai Inácio. Alguns médiuns do antigo terreiro não se afinizaram com a mudança, mas a maioria ficou e outros foram chegando. Aos poucos todos foram se familiarizando com a nova religião.

Em todo o livro, o leitor acostumado com a Umbanda irá se identificar muito com as histórias contadas por Mãe Joana, especialmente a da médium Simone, que vinha adiando seu compromisso com a mediunidade há bastante tempo e por isso não conseguia ter um pouco de paz na vida.

Mãe Joana descreve como se procede a incorporação; fala sobre as linhas de pretos-velhos, caboclos, crianças e de esquerda; narra a primeira festa de Cosme e Damião no recém-criado terreiro sob a coordenação de Pai Inácio, explica questões essenciais e oferece inúmeras lições importantes aos médiuns de Umbanda.

Foi um dos melhores livros que já li com temática umbandista, pois tem o formato de romance, muito semelhante aos livros kardecistas, onde os autores nos trazem informações sobre os bastidores do universo espiritual e tal formato é bastante raro nos livros sobre Umbanda. Apesar de não ser um livro extenso, traz mais lições do que muitos compêndios que já tive a oportunidade de ler. Recomendo.

Ficha Técnica:
Título: A Cabana de Pai Inácio
Autor: Anna Ponzetta
Espíritos: Pai Inácio e Mãe Joana
Páginas: 224

Trecho:
No trecho abaixo, a resistente Simone passará por sua primeira incorporação com o auxílio do caboclo Abaré e de Mãe Joana:
- Simone,  em que posso ajudá-la?
Ela, sempre em tom de queixa, Falou a ABaré sobre seus problemas, nem imaginando que ele muito bem conhecia a sua história. Enquanto Simone falava, ele se comunicava comigo nestes termos:
-E então Mãe? Podemos?
-Incorporar?
-Sim, ela está pronta. Veja sua aura: consegui um bom nível de limpeza e penso que seja adequado nos valermos deste momento. (...)
E o momento pelo qual tanto esperei chegou. Nutri-me das forças da natureza e em prece agradeci ao Pai, rogando sua bênção e proteção nessa hora de especial beleza e graça em que nos unimos a um medianeiro a fim de seguirmos nossa missão em Sua vinha de amor.
Foi com muita emoção que dei início á preparação para uma boa e proveitosa incorporação. Abaré muito colaborou tornando propício, energeticamente, o momento. Estabeleceu forte campo magnético que isolava a mim e a Simone, nos colocando numa redoma(...) Abaré então, num gesto firme, ergueu sua mão direita, direcionando a Simone a energia proveniente dele e de Magali (...) Senti novamente as sensações do corpo físico e pude notar como é denso e diferente do corpo espiritual.

Blog do Livro Espírita




Comentários