Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

Não Sofra Por Causa de Vasos de Barro

Imagem
Tudo na sua vida está em constante movimento, e no mundo da Ilusão, tudo tem um começo e um fim. A árvore começa em uma semente lançada a terra, e perfazendo seus ciclos, à terra retornará. Cada forma, na natureza, cada animal, planta, fruto, pedrinha até, iniciou e terá seu fim. Nada permanece.
Este é um princípio da Lei dos Ciclos, uma das Leis conectadas a Lei do Karma. E sua utilidade é múltipla. Lembre-se de que o que é Real não perece, permanece, o restante cessa, por não ser real. O SER é Real. O Estar, não. Das várias utilidades, escolhi uma em particular e compartilharei hoje, com vocês.
Tudo o que você acha que tem foi confiado a você e confiado por um tempo. Pertence ao universo, é energia condensada formando algo a que o ser humano atribuiu algum valor. Mas a ilusão de posse é muito profunda, arraigada, e por conta disso, os desejos desenfreados sustentados pela ilusão do possuir, levam ao medo de deixar de possuir. Quem deseja ganhar, em algum momento temerá perder.
O va…

A Dedicação do Médium de Umbanda

Imagem
Amigos, a Umbanda tem em seu mais profundo cerne a prática da caridade pura, o amor incondicional, a paz e a humildade. Ela também se propõe a produzir, pela modificação vibracional ou fluídica (conhecida popularmente como "magia"), modificações que permitam a melhoria de vida do ser humano.

Através da caridade e dedicação espiritual o médium Umbandista vai adquirindo elevação e consciência do valor de seu domínio mediúnico como forma de comunicação com seres superiores de outras esferas.

As incorporações, os passes e descarregos feitos na Umbanda formam o conjunto de afazeres espirituais do dia a dia do médium.

Portanto, o Médium é Patrimônio maior desta maravilhosa religião que é a Umbanda.

Acontece que a mediunidade é uma faculdade e como toda faculdade psíquica precisa ser aprimorada e disciplinada.

Na Umbanda, alguns critérios devem ser sempre observados:

Quando um médium entra em trabalho, ele estabelece uma espécie de ligação com a espiritualidade. Esta ligação gera …

Trabalhadores da Última Hora - Por Ednay Melo

EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO
Trabalhadores da Última Hora

A princípio parece injusto que quem se dedica à vida espiritual desde o início receba a mesma recompensa de quem se dedica por último. 
Na vida espiritual não existe o tempo assim como o conhecemos, e de acordo com esta passagem, mais vale a intenção e a qualidade da dedicação do que o tempo que está se dedicando. 
Muitas vezes, tomando a nossa religião como exemplo, a pessoa não se dedica à vida espiritual simplesmente porque não encontra oportunidade, não encontra uma casa a qual se identifique. 
A outra mensagem do texto que achamos importante a assimilação: Não julgar principalmente às determinações do alto! O trabalhador desta passagem achou injusto o que chegou depois dele ganhar a mesma moeda como recompensa. Mais uma vez lembramos que a humildade é fundamental para quem pacientemente espera a sua vez na grande ascensão espiritual. 
Ednay Melo 


Simpatia Cigana para o Ano Novo - Cigana Esmeralda / Ednay Melo

Imagem
Material:
1 cristal branco1 taça de vidro para por o cristalágua mineralvela coloridaprato brancofolha de louroerva docecravo da índiacarvão vegetalincensário para carvãobacia ágatasal grosso 
Procedimento: No dia 30 de dezembro, colocar o cristal de molho em água com sal grosso na bacia de ágata, por 1 noite ao ar livre.No dia seguinte, 31, pela manhã, retirar o cristal da água com sal e colocá-lo sob o sol por 1 hora.Próximo da virada do ano, defumar a casa com folha de louro, erva doce e cravo da índia.Após a defumação, colocar o cristal branco na taça de vidro e completar com água.Em frente a taça, acenda um ponto colorido no prato branco para o povo cigano e peça prosperidade para o ano que se inicia.Use a taça com o cristal como decoração em sua casa, troque a água a cada 7 dias.Pela Cigana Esmeralda, em Gira Pública da TULCA em 22/11/14 / Médium Ednay Melo.
Trecho retirado do Livro Umbanda Luz e Caridade - Cap. 4 - Ednay Melo


Texto atualizado em 13/06/17


Você Acredita nos Seus Guias?

Imagem
Vivemos em uma religião espiritualista, e por muito podemos dizer até que universalista. Em nossa religião, temos diversos guias, mestres e mentores, que são espíritos em evolução, outros em ascensão plena e outros até ascensionados, que direcionam os trabalhos de Umbanda em outro plano amparados pelos Sagrados Orixás.
Analisando isso, somos muito bem aparados e guiados, por espíritos que nos amam e que tem uma afinidade ímpar conosco. Muitos de nossos guias mais próximos possuem uma ligação familiar de muitas vidas passadas e trazem como missão nesta passagem da vida nos amparar e nos guiar conforme nossas necessidades e merecimentos em cada momento de nossas vidas.
Mas a grande pergunta é: você acredita no seu guia, ou na sua banda?
Vejo muitos médiuns de Umbanda, por muitas vezes duvidarem do trabalho dos seus guias e até mesmo questionando suas orientações para com você e outras pessoas. Vejo também a famosa frase: “Mas meu Guia não me ajuda por quê? Só ajuda os outros?
Devemos p…

Concentração nas Reuniões Mediúnicas

Imagem
Uma das dificuldades dos integrantes das reuniões mediúnicas diz respeito à concentração.
A capacidade de controlar, direcionar e manter o pensamento dentro das finalidades da reunião é, para a maioria, um esforço muito grande e que nem sempre dá bons resultados. Não raro os pensamentos se dispersam, fixam-se em fatos do dia-a-dia e acabam por tornar alguns sonolentos, enquanto outros estão distraídos e longe dos objetivos propostos para um trabalho sério. Alguns poucos, então, conseguem uma boa concentração e estes sustentarão os trabalhos programados, porém, como é óbvio, sem alcançar melhor produtividade devido aos bloqueios vibratórios existentes no ambiente. A nossa cultura ocidental não dá ênfase à necessidade do controle mental, pois é fundamentada em uma mentalidade racional, extremamente prática, extrovertida e imediatista valorizando a horizontalidade da vida terrestre, exatamente oposta ao Oriente, cuja mentalidade se estrutura de forma intuitiva, mística e introvertida e que…

Devemos Sair Antes da Gira Terminar?

Imagem
Texto ditado por Pai Antônio das Almas Canalizado por Géro Maita
Pergunta: Pai Antônio o senhor poderia dar sua opinião a respeito do consulente sair antes do término da gira de Umbanda? Existe algum problema de ordem energética ou espiritual?
Pai Antônio: Meus filhos que Olorum nos abençoe e que possamos manter sempre nossos corações abertos para a nossa transformação. O assunto é amplo neste caso filho, devido a dois pontos que aqui iremos observar, deixando claro que não existe pretensão de nossa parte aprendizes ainda que somos de criarmos uma palavra ou ideia única no que tange doutrina de Umbanda ou ainda quebrar às regras impostas por determinada casa, mas tão somente expormos um ponto de vista.
O primeiro ponto que achamos prudente comentar trata-se de casas de Umbanda que não estipulam um horário para término de seus trabalhos, tornando ai cansativa a permanência do consulente no mesmo. Lembramos que os espíritos desenvolvem tarefas dentro e fora de um terreiro e que a criação…

Natureza das Comunicações

A comunicação reflete o grau de adiantamento do Espírito

1. Em “O Livro dos Médiuns”, Kardec faz uma classificação pertinente à natureza das comunicações mediúnicas, que o Codificador divide em quatro grupos:

· grosseiras
· frívolas
· sérias e
· instrutivas.

2. As comunicações mediúnicas, ensina Kardec, dependem, quanto ao seu conteúdo, do grau de adiantamento do Espírito comunicante, ou seja, de sua posição na escala espírita, assunto que é tratado nas questões nos 100 e seguintes d´O Livro dos Espíritos.

3. Da mesma forma que os encarnados, os Espíritos desencarnados apresentam uma grande variedade quanto à inteligência e à moralidade e, por causa disso, o ditado mediúnico refletirá o grau de adiantamento moral ou cultural do comunicante.

4. Diz-se que uma comunicação é grosseira quando concebida em termos que chocam o decoro. Comunicações dessa natureza só podem provir, obviamente, de Espíritos de baixa condição espiritual, cobertos das impurezas da matéria e em nada diferem das que p…

Breve Comentário sobre Passe

Imagem
A reação das pessoas no momento do passe: 

Dependendo de cada pessoa em particular, pode ocorrer: reações corporais histéricas, que podem denotar o desequilíbrio da mediunidade, fator emocional ou psicológico ou mesmo uma obsessão.

Atitude ideal do passista: com muita calma chamar a atenção da pessoa para orientá-la no tempo e no espaço. Se não conseguir encaminhar silenciosamente para sala reservada com médiuns treinados a fim de receber o socorro devido.

Também pode acontecer da pessoa que recebe o passe estar tão ajustada energeticamente que o próprio passista se beneficia com os seus bons fluidos.

Ednay Melo




A Posição do Médium

Imagem
A posição de um médium em uma reunião requer muito cuidado e observação, tanto perante os assistentes quanto perante a sua própria consciência. O fenômeno que se chama repercussão é coisa muito séria em relação ao equilíbrio do próprio médium. A experiência nos faz compreender que todo trabalho de caráter sério busca na ciência e nos fatos compreensão profunda do seu exercício, para que não venhamos a ser cegos conduzindo cegos, ambos caindo nos despenhadeiros. 
A posição do médium deve ser correta, de modo a ampliar todos os conhecimentos estudados com as experiências oriundas de seus próprios exercícios espirituais. 
Nunca te enveredes por caminhos escolhidos afoitamente. Lembra-te de que muitas cabeças poderão formar diretrizes com maiores possibilidades de acertar. Uma das coisas essenciais para o medianeiro, em qualquer função espiritual, é a humildade, sem que esse gesto se transforme em fraqueza. A modéstia deve ser enriquecida com os valores da compreensão. 
Os assistentes de uma…

A Vingança

EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO


Cap. XII - Amai os Vossos Inimigos

Texto: "A Vingança"



JULES OLIVIER
Paris, 1862


9 – A vingança é um dos últimos resíduos dos costumes bárbaros, que tendem a desaparecer dentre os homens. Ela é, como o duelo, um dos derradeiros vestígios daqueles costumes selvagens em que se debatia a humanidade, no começo da era cristã. Por isso, a vingança é um índice seguro do atraso dos homens que a ela se entregam, e dos Espíritos que ainda podem inspirá-la. Portanto, meus amigos, esse sentimento jamais deve fazer vibrar o coração de quem quer que se diga e se afirme espírita. Vingar-se é ainda, vós o sabeis, de tal maneira contrário a este preceito do Cristo: “Perdoai aos vossos inimigos”, que aquele que se recusa a perdoar, não somente não é espírita, como também não é cristão.

A vingança é um sentimento tanto mais funesto, quanto à falsidade e a vileza são suas companheiras assíduas. Com efeito, aquele que se entrega a essa paixão cega e fatal quase nunca se…

Médium Rebelde

Imagem
Apesar do Médium Rebelde possuir uma boa mediunidade, e receber de Deus toda a força para caminhar no caminho correto, estas pessoas fogem e buscam alternativas perigosas. Mediunidade é uma coisa muito séria e não se deve brincar com ela.
Conheci uma médium que possuía uma boa mediunidade, mas era muito rebelde. Criticava a todos os seus amigos, falava mal dos outros, faltava ao trabalho, era relapsa. As suas opiniões tinham que ser aceitas como ela as ditava, ninguém poderia divergir dos seus pensamentos. E, por incrível que pareça, tinha péssimas idéias. Resultado: ninguém a queria por perto, vivia abandonada, os vizinhos não queriam saber dela, pra dizer a verdade foi abandonada até mesmo pelos parentes e quase sempre estava doente e vivia sofrendo pelos caminhos da vida.
Um dia entrou num centro espírita e foi aceita para o começo do trabalho, mas logo vieram as observações. Para ela tudo estava errado e precisaria mudar muito. Suas idéias não foram aceitas. Mesmo assim continuou.…

Comentário Sobre "O Retorno da Vida Corpórea à Vida Espiritual"

TEMA DA DOUTRINA ESPÍRITA L.E. Cap. III

RETORNO DA VIDA CORPÓREA À VIDA ESPIRITUAL
Negar a individualidade da alma é negar a vida espiritual como um todo. Tomamos como exemplo as psicografias de Chico Xavier, onde até a assinatura do desencarnado provava a sua existência pós morte do corpo físico. 
Já vimos no livro dos médiuns, que o espírito toma a aparência que quiser e de acordo com o seu propósito. Na questão 150 do L.E. observamos que aparência da última escarnação se apresenta como forma de constatar para o desencarnado a sua individualidade, neste caso não é a vontade do espírito que faz a sua aparência e sim a bondade de Deus para lhe ajudar no momento que pode ser confuso para ele, que é o momento da sua morte.
Existem espíritos em estado de perturbação tal, que não percebem que morreram e não enxergam, na vida espiritual, os espíritos que vêm em seu socorro. Daí a necessidade do acolhimento a estes espíritos dentro da casa espírita e de Umbanda, o choque anímico que experimen…

Sítios Vibratórios: Importância para o Médium Umbandista

Imagem
Desde o advento da humanidade no globo terrestre, a natureza tem sido fonte inesgotável de recursos bio-energéticos para a criação, evolução e sedimentação dos vários organismos que a compõem. As antigas religiões orientais como o Bramanismo, Induísmo, Confucionismo, Budismo, além dos cultos Ameríndios e Africanistas, sempre valorizaram a natureza como essência catalisadora de energias para equilibrar a psico-fisiologia do ser humano.
É da natureza que se extrai os elementos necessários ao reajustamento das faculdades bio-psico-motoras, tão importantes à mente, ao espírito e a parte corpórea. É na natureza que há uma maior interação entre o plano material e o astral. Em contato com rios, florestas, cachoeiras, mares, campinas etc., absorvemos as vibrações emanadas do Cosmo, que são recepcionadas por estes sítios de captação fluidico-espiritual. É na natureza que encontramos o habitat de certas formas espirituais, de evolução diferente dos seres humanos, chamados por alguns de gnomos,…

Dia de Finados

Imagem
Dia que mais as equipes socorristas espirituais trabalham.


São milhares de encarnados que, inconformados, pranteiam seus entes queridos que já partiram para uma das moradas do Pai.
São milhares de desencarnados que se desestabilizam pelas energias de dor e desespero daqueles que ficaram.
A peregrinação aos cemitérios é intensa, muitos ali vão somente neste dia, para limpar o túmulo e colocar flores, uma forma de dizer que sentem saudades.
Porém, a melhor maneira de lembrar nossos queridos que já se encontram em uma das muitas moradas de nosso Pai Maior, é orar pedindo paz e muita luz a eles. Que tenham consciência de que a morte não existe.
Que o corpo físico termina, mas o espírito é eterno e que um dia vamos nos reencontrar, seja na espiritualidade, seja numa nova jornada reencarnacionista.
Não sou contra a ida aos cemitérios, porém muito cuidado ao circular por lá. Pedindo sempre proteção na entrada e na saída e lembrando de orar pelos irmãos desencarnados que ali permanecem, ignora…